Ipatinga

saúde

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Governo de Minas libera vacinação de adolescentes sem comorbidades contra covid

    Posicionamento segue recomendação da Anvisa, mas diverge do que é defendido pelo Ministério da Saúde

    Por Plox

    18/09/2021 01h24 - Atualizado há 10 meses

    A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) informou que libera a vacinação de adolescentes sem comorbidades contra a covid-19. A medida foi anunciada nesta sexta-feira (17), após o Estado ter dito que seguiria a orientação do Ministério da Saúde (de não imunizar o grupo).

    De acordo com o chefe da pasta, Fábio Baccheretti, Minas seguirá o posicionamento da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), dado nessa quinta (16), de que não há "evidências" que justifiquem a mudança na recomendação para uso da Pfizer em todos os adolescentes de 12 a 17 anos.

    Vacina da Pfizer é a única aprovada pela Anvisa para uso em adolescentes. Foto: reprodução/ Pixabay

     

    Em comunicado, a Anvisa afirmou que "os benefícios da vacinação excedem significativamente os seus potenciais riscos". O posicionamento, no entanto, é diferente do defendido pelo Ministério da Saúde, que limitou a vacinação a adolescentes com deficiência permanente, comorbidades ou privados de liberdade na quarta.

    "A Anvisa reafirmou que a vacina é segura para os adolescentes e, diante disso, o estado de Minas Gerais está liberando, pela deliberação que já existia, a vacinação de todos os adolescentes. Não existe nenhuma restrição técnica para a vacinação", explicou Baccheretti.

    Apesar disso, o secretário lembrou que a imunização dependerá do envio de mais doses por parte do governo federal. Já os municípios que tiverem doses suficientes podem seguir com a aplicação do composto químico.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]