Ipatinga

mundo

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Suspeito de chacina que matou duas brasileiras é encontrado morto na fronteira do Paraguai

    Ele foi encontrado com um bilhete que se referia ao dia do homicídio

    Por Plox

    18/10/2021 20h17 - Atualizado há cerca de 1 mês

    Um dos suspeitos de participar do homicídio envolvendo quatro pessoas, foi morto com tiros na cabeça nesse domingo (17). O atentado envolveu duas brasileiras e uma paraguaia, filha de um governador do país. Ele foi encontrado em Pedro Juan Caballero, na fronteira do Paraguai com o Brasil. 

     

    Derlis David Sanches Ayala, de 23 anos - Foto: Reprodução

     

    Derlis David Sanches Ayala, de 23 anos, foi executado com tiros de pistola 9 mm e foi encontrado em uma estrada de terra. Na cintura do homem foi encontrado um bilhete com a seguinte mensagem “matei 3 meninas inocentes. Fique de exemplo” e ainda continha as iniciais “PJC”. 

     

    Bilhete deixado junto ao corpo - Foto: Reprodução

     

    As três jovens eram estudantes de medicina e estava com o alvo principal dos bandidos, que era Osmar Vicente Álvarez Grance, conhecido como Bebeto. A polícia paraguaia acredita que Derlis foi morto como forma de “punição”  pelo homicídio das três mulheres, que causou grande comoção na época.

    Vítimas de assassinato em Pedro Juan Caballero/Foto: Reprodução

     

    As três assassinadas, eram: Haylee Carolina Acevedo Yunis, filha do governador do departamento de Amambay, Ronald Acevedo e as brasileiras, Rhamye Jamilly Borges de Oliveira, de 18 anos e Kaline Reinoso de Oliveira, de 22 anos. 

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]