Conheça as raças de cães mais afetadas pelo calor e aprenda como protegê-las

Dicas essenciais para proteger raças de focinho achatado durante altas temperaturas

Por Plox

18/11/2023 11h30 - Atualizado há 6 meses

Em meio à crescente onda de calor , a atenção com os animais de estimação, especialmente cães de raças braquicefálicas, conhecidos por seu focinho achatado, torna-se crucial. Estas raças, incluindo Bulldog Inglês, Bulldog Francês, Pug, Boston Terrier, Boxer, Shih Tzu e Lhasa Apso, enfrentam maiores dificuldades na regulação da temperatura corporal devido à conformação de seu focinho curto e palato alongado. Em cães, o processo de troca de calor ocorre principalmente através da respiração e dos coxins, as almofadinhas nas patas, tornando essas raças mais susceptíveis a condições como hipertermia, um aumento anormal da temperatura corporal.

 

 

Foto: Pixabay  Reprodução

Rodrigo Martins, veterinário, alerta para os principais sinais de hipertermia, que incluem cansaço, respiração ofegante, salivação excessiva, relutância em andar, andar cambaleante, perda de consciência e desmaios. Ele sugere medidas imediatas em casos de emergência, como "molhar uma tolha e jogar em cima dele" ou "colocá-lo debaixo do chuveiro com água fria". Após estabilização, é imprescindível buscar atendimento veterinário.

Manter os animais em ambientes frescos e ventilados é vital. Martins recomenda várias práticas de cuidado durante períodos de calor intenso:

 

Hidratação: Garantir que os cães tenham acesso constante a água fresca e limpa. Verificar frequentemente a tigela de água, trocando-a regularmente e considerando a adição de pedras de gelo.

 

Evitar exposição em horas quentes: Evitar passeios entre 8h e 20h para prevenir queimaduras nas patas dos animais.

 

Sombras e abrigo: Providenciar um local fresco e sombreado, tanto dentro de casa quanto no quintal.

 

Aumento da frequência dos banhos: Recomenda-se banhos mais frequentes, mas com atenção especial para secar bem o animal para evitar problemas de pele.

 

Picolé de fruta como opção de petisco: Frutas são uma boa escolha, exceto uva, carambola e frutas ácidas, evitando laticínios. Para gatos, pode-se considerar patê congelado.

É fundamental observar constantemente o comportamento dos cães durante o calor. Ao identificar sinais de desconforto ou hipertermia, deve-se procurar ajuda veterinária imediatamente. Estas medidas são essenciais para garantir a saúde e o bem-estar dos cães braquicefálicos em períodos de altas temperaturas.

 

Destaques