Publicidade

Ex-dirigentes do Cruzeiro utilizaram cartões do clube em casa de “entretenimento adulto”, diz empresa

19/05/2020 11:50

Publicidade

Mais um escândalo veio à público do relatória produzido pela empresa Kroll Consultoria sobre as contas do Cruzeiro. Desta vez, foi divulgado que diretores e membros da diretoria do clube celeste utilizaram o cartão corporativo em uma casa noturna de entretenimento adulto.

Segundo informações, foram cerca de R$ 2.642,00 na época em uma casa noturna em Portugal. O fato ocorreu em 13 de maio de 2018.

Ao todo foram cerca de R$ 80 mil utilizado dos cartões corporativos do clube no período de 2018 a 2019. Os gastos foram classificados pela Kroll como “pessoais e não condizentes com as atividades performadas pelo Cruzeiro".

De acordo com o ex-presidente do Cruzeiro, Wagner Pires, o local era um restaurante e o que aconteceu no local foi uma reunião de negócios. “Lá em Portugal, assim como no Brasil, tem casa noturna que tem nome fantasia tal, e na atividade da empresa é outro. Foi um restaurante que nós fomos, com um dos maiores empresários do mundo. Fomos jantar. Deve ter sido R$ 500, R$ 600, R$ 1.000. Não é isso. Éramos, num total, três brasileiros, mas uns três portugueses. Estávamos lá (na Europa) tentando vender jogador e trazer o Lucas Silva, que veio até de graça para nós. É restaurante”, disse.

D7mm2ChXkAEqYa6Foto: Reprodução Twitter
 

Nesta quinta-feira (21) o Cruzeiro define o novo presidente em uma votação na sede do clube. 
 



Publicidade