Ipatinga

esportes

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Libertadores: Athletico-PR e Palmeiras vencem dentro de casa; Fortaleza busca vitória jogando no Peru

    Furacão entra na zona de classificação, Palmeiras mantêm 100% de aproveitamento e Fortaleza ainda sonha com as oitavas

    Por Plox

    19/05/2022 12h13 - Atualizado há cerca de 1 mês

    O Athletico-PR está de volta à zona de classificação do Grupo B à próxima fase da Libertadores. Nesta quarta-feira (18), o Furacão venceu o Libertad (Paraguai) por 2 a 0 na Arena da Baixada, em Curitiba, pela quinta rodada, embolando a chave a uma rodada do fim.

    O Rubro-Negro paranaense foi aos mesmos sete pontos do Libertad, mas fica em segundo pelo saldo de gols. Os brasileiros ainda se beneficiaram do empate sem gols entre Caracas (Venezuela) e The Strongest (Bolívia), que se enfrentaram na terça-feira (17) e aparecem com seis pontos. O time boliviano está à frente do venezuelano pelo saldo, impulsionado pela goleada por 5 a 0 aplicada no próprio Athletico, no último dia 3 de maio.

    O resultado na capital boliviana La Paz, aliás, determinou a queda de Fábio Carille e a contratação de Luiz Felipe Scolari como técnico no Furacão. A partida desta quarta, portanto, marcou a estreia de Felipão no comando do Rubro-Negro na competição sul-americana, da qual foi campeão dirigindo Grêmio e Palmeiras.

    Foto: José Tramontin/athletico.com.br 

     

    Após um primeiro tempo de poucas emoções, o Athletico desencantou na etapa final. Aos dez minutos, o atacante Tomás Cuello recebeu na ponta esquerda, próximo à entrada da área, levou para o pé direito e marcou um golaço, encobrindo o goleiro Martín Silva. Aos 23, David Terans iniciou o contra-ataque desde o campo de defesa e abriu para o também meia Agustín Canobbio, que disparou pela direita, entrou na área e mandou para as redes.

    O Athletico decide o futuro na Libertadores na quinta-feira da semana que vem (26), novamente na Arena da Baixada, contra o Caracas, às 19h (horário de Brasília). No domingo (22), no mesmo horário, o Furacão também joga em casa, mas diante do Avaí, pelo Campeonato Brasileiro.

    Palmeiras

    A convocação pela primeira vez à seleção brasileira fez muito bem a Danilo. Nesta quarta-feira (18), o volante confirmou a fase artilheira ao decidir a vitória do Palmeiras sobre o Emelec (Equador), por 1 a 0, no Allianz Parque, em São Paulo, pela quinta rodada do Grupo A da Libertadores. O jovem de 21 anos balançou as redes nas três partidas que disputou após ser chamado pelo técnico Tite para os amistosos do Brasil contra Japão e Coreia do Sul.

    O Verdão foi a 15 pontos e manteve os 100% de aproveitamento, sendo o único time da competição sul-americana a ter vencido todos os jogos até o momento. Se garantir a melhor campanha da fase de grupos, será a quarta vez, nos últimos cinco anos, que a equipe alviverde alcançaria tal marca. O Emelec, com a derrota, depende de um tropeço do Deportivo Táchira (Venezuela) contra o Independiente Petrolero (Bolívia) para chegar à última rodada na segunda posição da chave.

    Após quatro jogos seguidos com força máxima, o técnico Abel Ferreira preservou alguns dos titulares habituais. O zagueiro Murilo (substituto de Luan, contundido), o volante Zé Rafael, o meia Raphael Veiga e o atacante Dudu iniciaram o duelo no banco, dando lugar a Benjamin Kuscevic, Gabriel Menino, Eduard Atuesta e Rafael Navaro, respectivamente.

    Foto: Divulgação

     

    Diferente de partidas anteriores pela Libertadores, apesar da maior posse (63%) e de chutar mais (seis, três na meta, contra uma dos equatorianos), o Palmeiras não transformou a superioridade em gols na primeira etapa. Atuesta balançou as redes aos 33 minutos, mas o lance foi anulado por falta do colombiano no goleiro Pedro Ortíz.

    A pressão alviverde não arrefeceu na volta do intervalo, mas a bola ainda levou 28 minutos para, enfim, entrar no gol do Emelec. Raphael Veiga (que entrou na segunda etapa) cobrou escanteio da esquerda, Rafael Navarro desviou na primeira trave e Danilo completou na pequena área, abrindo o placar. Foi a 21ª bola na rede alviverde na fase de grupos igualando o recorde do River Plate (Argentina) em 2020.

    O Emelec tentou se lançar ao ataque para diminuir o prejuízo e deu espaços ao Palmeiras, que acabou não aproveitando. Os equatorianos tiveram grande chance para empatar aos 38 minutos, com o meia Alexis Zapata girando e batendo da entrada da área, fazendo o goleiro Weverton se esticar todo para evitar o empate.

    O Verdão encerra a participação na primeira fase da Libertadores na próxima terça-feira (24), às 21h30 (horário de Brasília), outra vez no Allianz Parque, contra o Deportivo Táchira. Antes, no sábado (21), às 19h, os alviverdes visitam o Juventude no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS), pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

    Fortaleza

    O Fortaleza teve a primeira boa chance com Benevenuto, defendida pelo goleiro do Alianza Lima. Com assistência de Pikachu, Moisés marcou o primeiro gol oficial do Leão fora do Brasil. Em chegada despretensiosa do Fortaleza, Lucas Lima arriscou de fora da área, e o goleiro fez outra ótima defesa. O Alianza Lima tentou com Ramos, mas mandou por cima do travessão. O dono da casa cresceu. Benítez assustou em cruzamento e, depois, em finalização por cima do gol.

    Os donos da casa voltaram inspirados, com chance de Barco por cima do travessão. Kayzer respondeu, mas a bola foi para fora.

    Alianza Lima, Fortaleza, Libertadores, atacante Moisés
    Foto: Felipe Cruz/FEC

     

     Lavandeira arriscou de fora da área, e Marcelo Boeck fez grande defesa. No momento em que o Alianza Lima crescia no jogo, o Fortaleza marcou e respirou. Pikachu fez o segundo gol do Leão. O 12º gol dele na temporada, em 29 jogos. Suficiente para o Leão conquistar a vitória tão importante

    No Monumental de Santiago, na última rodada, Colo Colo e Fortaleza jogam na quarta-feira (25), às 19 horas. River e Alianza Lima jogam no mesmo dia e horário, no Monumental de Núñez

     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]