Belo Horizonte poderá ter voo direto para Roma no segundo semestre

Conexão internacional é uma prioridade para o governo mineiro

Por Plox

19/05/2024 17h15 - Atualizado há 21 dias

Belo Horizonte está próxima de receber um voo direto para Roma a partir do segundo semestre deste ano. A informação, que circula entre operadoras e agências de viagens, ainda não foi confirmada pela concessionária BH Airport, responsável pela administração do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins. O governador Romeu Zema, no entanto, já expressou publicamente seu desejo de fortalecer a conexão entre Minas Gerais e a Itália. A Ita Airways, sucessora da Alitalia, seria a responsável por operar três frequências semanais na rota.

Foto: Ita/Divulgação

Negociações avançadas

Em entrevista exclusiva ao jornal O Tempo em fevereiro deste ano, o governador Zema destacou seu interesse em ampliar as rotas internacionais a partir de Belo Horizonte, mencionando especificamente a Europa, com foco em Roma ou Alemanha. "Hoje, temos voos que no passado não tínhamos para Santiago, Buenos Aires. Quero muito e tenho lutado para ter mais um voo para a Europa. Nós só temos hoje para Lisboa. Precisávamos ter um mais para leste ou para Roma, já que temos tantas empresas italianas aqui, ou ainda para a Alemanha. E também um para o Oriente Médio, que é abertura para ir para a Ásia, quem sabe Dubai, que dali você tem facilidade para ir para China, Japão. Estamos no momento pleiteando esses voos", afirmou Zema.

As negociações tiveram início em setembro do ano passado, durante uma missão internacional do governador na Itália e na Áustria. Segundo fontes não oficiais, a Ita Airways já estaria em processo de validação do voo. João Paulo Braga, presidente da agência Invest Minas, comentou sobre o progresso das tratativas: "Nós fomos à Itália e abrimos conversas promissoras com a Ita Airways. Desde nossa primeira reunião, as conversas não cessaram e evoluíram. O voo não está confirmado, mas estamos otimistas que venha a ser em breve."

Ita Airways vê Brasil como mercado estratégico

A Ita Airways opera atualmente 14 voos diretos semanais de Roma para São Paulo e sete para o Rio de Janeiro, além de conexões em Milão, Florença e Bolonha. A companhia, controlada pelo Ministério da Economia e das Finanças italiano desde 2022, tem o Brasil como um mercado estratégico. Em 2023, o número de turistas italianos no Brasil cresceu 49,10%, totalizando 129,4 mil visitantes, posicionando a Itália entre os dez maiores emissores de turistas para o país.

Para Christiana Gouthier, da agência Mapa Turismo, a possibilidade de um voo direto de Belo Horizonte para Roma é uma excelente notícia para o setor. "Nosso aeroporto está tão bem estruturado, organizado e muito preparado para acolher os passageiros. A Itália é um destino supervisitado pelos mineiros, são muitas as possibilidades de rotas. E esse voo internacional partindo de BH tem potencial para incrementar ainda mais as viagens dos brasileiros para a Itália, para a Europa de uma maneira geral", salientou.

Expansão das rotas internacionais

Durante a gestão de Romeu Zema, Belo Horizonte viu a inauguração de várias novas rotas internacionais a partir do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte. Além dos voos da TAP para Lisboa e da Copa Airlines para a Cidade do Panamá, foram estabelecidas conexões diretas para Santiago (Latam), Buenos Aires (Gol), Curaçao, Fort Lauderdale e Orlando (Azul), e Bogotá (Avianca). A adição de um voo para Roma reforça o compromisso do governo mineiro em ampliar as opções de viagem internacional para os mineiros e fomentar o turismo na região.

Destaques