Receita Federal reinicia aceitação de cartões de crédito para quitação de impostos

Novo limite de R$ 15 mil para pagamentos de débitos tributários com opção de parcelamento

Por Plox

19/12/2023 10h26 - Atualizado há 5 meses

A Receita Federal do Brasil anunciou a retomada dos testes para o pagamento de impostos via cartão de crédito. Este projeto-piloto, que havia sido suspenso temporariamente, agora permite aos contribuintes liquidar débitos de até R$ 15 mil, com a possibilidade de parcelar o valor em até 12 vezes, acrescido de juros.

 

Iniciado em fevereiro, o serviço de pagamento com cartão de crédito foi interrompido para ajustes no sistema e agora é retomado em parceria com o Banco do Brasil. Os pagamentos podem ser realizados diariamente, das 0h às 22h.

 

Dentre os débitos que podem ser pagos estão os Darfs (Documentos de Arrecadação de Receitas Federais), Darf do Regularize, Sicalc Web, parcelamentos ordinários e simplificados da Receita Federal, Regularize para débitos inscritos em Dívida Ativa da União, além de PGDAS-D ou o DASN-Simei para multas por atraso das declarações do Simples Nacional.

 

A nova modalidade de pagamento aceita cartões das bandeiras Visa, Mastercard, Elo e Amex, de qualquer instituição financeira. O contribuinte tem a conveniência de acompanhar o pagamento e receber o comprovante por email ou através do e-CAC (Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte).

 

Antes da pausa no serviço, foram registrados 4.667 pagamentos utilizando cartões de crédito. A Receita Federal planeja expandir esta opção para outras situações ao longo de 2024.

 

 


 

Destaques