Ipatinga

acontece

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Após 7 anos interditada, ponte que liga Timóteo e Fabriciano é reformada e liberada

    Em meio a anteprojetos, anúncios, promessas e falas diversas, a população viu a questão da ponte se arrastar por mais de 7 anos

    Por Plox

    20/01/2020 12h16 - Atualizado há mais de 2 anos

    Em cerimônia ocorrida na manhã desta segunda-feira (20), foi reaberta ao tráfego de veículos a “Ponte Velha”, como é conhecida a primeira estrutura que interliga as cidades de Timóteo e Coronel Fabriciano, em Minas Gerais.

    Interditada no fim de 2012, em 8 de novembro, após serem detectadas falhas que poderiam levar a um desabamento, a ponte passou por uma reforma durante o ano de 2019. 

    Em 2013, quando havia se passado alguns meses de interdição, foram anunciadas providências para que e ponte fosse imediatamente reformada. O fato dos prefeitos de Timóteo e de Coronel Fabriciano daquele ano terem sido eleitos pelo Partido dos Trabalhadores levava e crer que haveria uma boa interlocução com o Dnit, Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, subordinado à Presidência da República, na época ocupada pela ex-presidente Dilma Rousseff, também do Partido dos Trabalhadores. Mas uma sequência de informações desencontradas frustrou as expectativas.

    O trânsito de veículos leves foi liberado por um período. Enormes blocos de concreto foram colocados para que apenas veículos de até um certo tamanho transpusessem a ponte. Muitos acidentes foram registrados, inclusive, com morte.

     

    ponte-4Em um dos acidentes, um carro tombou e se incendiou após bater nos blocos de concreto. Foto: arquivo Plox
    O então diretor regional do Dnit, José Maria Cunha, esteve no local e, acompanhado por alguns deputados, assegurou que o problema seria resolvido até o final daquele ano (2013). Desde então, a população da região do Vale do Aço passou a conviver com os problemas causados pela interdição. 

    Em meio a anteprojetos, anúncios, promessas e falas diversas, a população viu a questão da ponte se arrastar por mais de 7 anos,  transpondo mudanças de governos nas cidades, no estado e na presidência da República.
     
    A liberação do tráfego na manhã desta segunda-feira soa como alívio aos usuários das vias, que dependem desta ponte e também dos comerciantes que foram prejudicados durante esses anos.

     

    ponte-1Autoridades e políticos da região acompanharam o ato de reabertura da ponte. Foto: Plox.
     
    ponte-6Momento em que a ponte foi reinaugurada. Foto: Plox.

    Marcos Vinícius, prefeito de Coronel fabriciano, disse que e reabertura da ponte é “ importância do direito de ir e vir, principalmente e recuperação da economia, com dezenas de empregos e milhares de reais que Fabriciano perdeu com impostos, além disso fomos abençoados por poder reabrir a ponte no dia do aniversário da cidade”. 

     

    ponte-2
    Foto: Plox

     

    Prefeito de Timóteo Foto: Plox


    O prefeito de Timóteo Douglas wilkes destacou e importância de que as duas cidades ligadas pela ponte trabalhem em sintonia. Para ele e reabertura da ponte mostra um momento de retomada muito importante para o desenvolvimento da região.

     

    Em conversa com o Plox, o presidente da Câmara de Coronel Fabriciano, o vereador Adriano Martins-PPS, disse que “nesse momento aparecem muitos ‘pais’ da reforma da obra da ponte, mas não interessa quem é o pai, o que interessa é que e ponte é importante para a cidade, e ela tem um efeito emocional e que é isso que interessa para as pessoas, e o importante é que ela está pronta”.

     

    ponte-3Adriano Martins, presidente da Câmara de Coronel Fabriciano-MG, disse que a ponte tem um efeito emocional para as pessoas. Foto: Plox.

    O empresário Sadi Lucca, proprietário de uma churrascaria, disse que os comerciantes próximos da ponte, esperam dias melhores e acreditam em um aumento de clientes. “Foram mais de sete anos de sofrimento, para nós empresários e comerciantes em torno dessa avenida, e com e reabertura da ponte, e gente só espera dias melhores, movimento intenso e clientes que não viram por causa da ponte passando por aqui, principalmente de Timóteo”, disse o empresário.

    ponte-5O empresário Sadi Lucca disse que os empresários próximos da ponte esperam dias melhores no comércio da região, com a reabertura da ponte.

    O deputado estadual Celinho do Sinttrocel, disse ao Plox que esse é um “momento muito importante para o Vale do Aço, mais precisamente para Timóteo e Fabriciano, que viveram sete anos de muita angústia e sofrimento, com perdas de postos de trabalho, com perdas de estabelecimentos comerciais”.

    ponte-9Celinho disse que é um momento muito importante para o Vale do Aço. Foto: Plox.
     
     
    ponte-7Populares puderam andar pela ponte para ver como estrutura ficou.

     
    ponte-8Um comboio composto por carros antigos fez a reabertura da ponte.

     

     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]