Adolescentes são detidos após assaltarem jovens em Ipatinga

De acordo com a PM, os menores confessaram o roubo

Por Plox

20/01/2021 21h33 - Atualizado há cerca de 1 mês

Na madrugada desta quarta-feira (20), três adolescentes são suspeitos de assaltarem dois jovens que estavam na rua Duarte da Costa, em frente à uma churrascaria, no bairro Bom Retiro, em Ipatinga-MG. Dois adolescentes, ambos de 17 anos, foram apreendidos e o de 14 anos está foragido.

Segundo informações da Polícia Militar, as vítimas, de 17 e 21 anos, acionaram a viatura em patrulhamento e relataram aos militares que estavam em uma calçada próxima à uma churrascaria e resolveram ir até o veículo de uma das vítimas, estacionado em rua próxima. Na ocasião foram abordados por três indivíduos, altos, claros e um deles com cabelo pintado de azul.
Sendo que o adolescente de cabelo na cor azul e com um desenho no corte de uma pena era a pessoa que estava com uma arma de fogo, aparentemente de brinquedo, sendo levados dois celulares e um cartão alimentação. Com base nas informações repassadas pelas vítimas, os policiais iniciaram os rastreamentos, sendo o menor, de cabelo azul, imediatamente reconhecido por fotos como sendo o indivíduo que portava a arma e anunciou o roubo juntamente com outros dois autores.

Foto: Reprodução Google Street View

 

Em diligências até a residência do adolescente, de 17 anos, o pai do menor, autorizou os militares realizarem busca na residência, sendo que o menor imediatamente relatou que realmente praticou o furto, mas que não estava com o simulacro e nem com os celulares, pois havia ficado com os outros dois menores.
Durante parlamentação, o adolescente indicou quem seria os outros dois indivíduos envolvidos no crime. 
Diante das informações, os policiais foram até a residência do outro adolescente, também de 17 anos, este relatou aos militares que participou do roubo e que o celular estava escondido em uma área de mata localizada próxima a sua casa. No local indicado foi localizado um dos aparelhos celulares, roubado durante a ação. 
Segundo o menor, esse é o que ficou com ele, não sabendo com quem estaria o simulacro e o outro celular. Em diligências ao endereço do terceiro indivíduo, de 14 anos, o menor não foi localizado, sendo informado por um parente que ele havia se mudado.
 

PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021