Com UTIs lotadas, cidade paulista fecha tudo, até supermercados

Quem for pego fora de casa será multado em até R$6000

Por Plox

20/02/2021 18h15 - Atualizado há 2 meses

A prefeitura de uma cidade do interior de São Paulo decretou um “lockdown total“. De acordo com o documento assinado pelo prefeito de Araraquara, o comércio deverá permanecer fechado por 60 horas ininterruptas. O início do fechamento será ao meio-dia deste domingo e vai até à meia noite da terça-feira (23). Estarão fechados os supermercados, bancos, indústrias, postos de combustíveis e todo o comércio. Além dos serviços públicos, que não são essenciais para a população.

Por meio das redes sociais, o prefeito da cidade, Edinho Silva (PT), lembrou que cinco pessoas morreram na cidade somente nesta sexta-feira. Isso provocou o colapso da rede hospitalar e acabou impondo a necessidade de ampliar o "lockdown", que já está em vigor desde segunda-feira (15). 

 

Prefeito de Araraquara decretou o fechamento./ Foto divulgação

 

“Estamos falando de um momento em que famílias estão chorando a morte de seus entes, que só nós podemos juntos tirar Araraquara dessa situação”, escreveu.

 

covid araraquara
Foto: Prefeitura de Araraquara

 

A cidade registrou por cinco dias consecutivos a ocupação de 100% dos leitos e vários pacientes já foram transferidos para outros municípios. Neste mês de fevereiro, até a presente data, 51 mortes foram confirmadas na cidade como motivadas por COVID-19. Isso é o dobro da quantidade de mortes registradas no mês de janeiro. 

O novo decreto permite abertura de farmácias e estabelecimentos de saúde. Os postos de combustíveis só poderão atender veículos dos serviços públicos municipais, estaduais e federais, incluindo a polícia. Os moradores estão proibidos de sair de suas casas e só devem fazê-lo para atendimento médico, compra de remédio ou caso sejam trabalhadores em serviço essencial. Quem for pego fora de casa será multado em até R$6000.

 

 

 

PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021