Gretchen é submetida a cirurgia para remoção de útero devido à adenomiose

Internação ocorre para procedimento cirúrgico; cantora destaca a importância do autocuidado feminino

Por Plox

20/02/2024 18h56 - Atualizado há 4 meses

Gretchen, a renomada cantora brasileira de 65 anos, foi internada nesta terça-feira (20) para uma cirurgia de remoção do útero, decorrente de uma condição benigna conhecida como adenomiose. A artista, conhecida como a rainha do bumbum, enfrentava sintomas incômodos causados pela doença, incluindo inchaço abdominal e dores, que necessitaram de uma intervenção médica.

A adenomiose é uma condição em que o tecido endometrial, normalmente localizado na camada interna do útero, invade o miométrio, a camada muscular do órgão. Essa invasão pode levar a sintomas como inchaço, cólicas menstruais, sensação de pressão no abdômen e sangramentos menstruais irregulares, chegando em alguns casos a causar hemorragias. De acordo com a Dra. Fabiane Berta, ginecologista e endocrinologista de Gretchen, a suspeita da doença surgiu após episódios de sangramentos uterinos anormais enfrentados pela cantora

Foto: Reprodução - Instagram @mariagretchen

Antes de optar pela cirurgia, Gretchen tentou tratamentos conservadores, incluindo terapias hormonais, vitaminas e fitoterápicos. No entanto, após um ano sem melhora significativa, a decisão pela remoção do útero foi tomada, sendo esta a alternativa mais eficaz para o alívio dos sintomas.

Em entrevista concedida ao Gshow, Gretchen expressou confiança no procedimento e aproveitou para enfatizar a importância do autocuidado entre as mulheres. "To bem confiante e incentivo sempre as mulheres a se cuidarem. Se cuidem!", declarou a cantora, que após a cirurgia, deverá permanecer um mês em repouso na cidade de São Paulo.

Destaques