Operação de busca em Mossoró: 500 agentes mobilizados para capturar foragidos

Reforço policial intensificado com chegada de 100 agentes da Força Nacional na busca de detentos em fuga

Por Plox

20/02/2024 19h23 - Atualizado há 4 meses

A cidade de Mossoró, no Rio Grande do Norte, tornou-se o epicentro de uma grande operação de segurança nesta terça-feira (20), com o envio de 100 agentes da Força Nacional para auxiliar nas buscas de dois foragidos da penitenciária federal local. A mobilização, anunciada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, inclui 22 viaturas e um ônibus, disponibilizados para operações de policiamento na região por um período de 30 dias.

— Foto: Divulgação/MJSP

Partindo da base da Força Nacional, no Gama, região administrativa do Distrito Federal, os policiais e bombeiros militares têm previsão de chegada em Mossoró na próxima quinta-feira (22). Além do reforço imediato, investigações administrativas estão em andamento para identificar possíveis cúmplices na fuga dos detentos. Estas investigações estão sob a liderança do secretário nacional de Políticas Penais, André Garcia, com apoio da Polícia Federal e monitoramento das estradas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, que desembarcou em Mossoró no último domingo (18), revelou que o total de agentes envolvidos na operação chega a 500, divididos em turnos de 250 agentes. Lewandowski enfatizou a incerteza sobre a duração da operação de busca, mencionando que os fugitivos podem ainda estar próximos à penitenciária. Quando questionado sobre a possibilidade de conivência interna no presídio, o ministro ressaltou a necessidade de aguardar o resultado das investigações para confirmar tal hipótese.

Destaques