Padre e namorado são detidos por comércio ilegal de estimulantes sexuais

A investigação, que durou vários meses, culminou na segunda-feira com a apreensão de significativas quantidades de Viagra na residência do padre

Por Plox

20/02/2024 16h30 - Atualizado há 3 meses

Em Don Benito, província de Badajoz, Espanha, um padre e seu companheiro foram presos pela Guarda Civil sob acusação de comercializar ilegalmente Viagra e outros estimulantes sexuais. As vendas ocorriam na casa paroquial da Igreja de São Sebastião, onde o pároco residia. A operação ilegal, segundo informações do Correio da Manhã, não era desconhecida entre os frequentadores da igreja.

Foto: Reprodução/Freepik

A investigação, que durou vários meses, culminou na segunda-feira com a apreensão de significativas quantidades de Viagra na residência do padre, conforme reportado pelo El País. O padre e seu companheiro enfrentam acusações por tráfico de substâncias prejudiciais à saúde, comercializadas fora do âmbito legal. Acredita-se que o sacerdote presumiu que sua posição na comunidade religiosa o protegeria de suspeitas.

Enquanto a Justiça concedeu ao padre liberdade provisória, com a condição de comparecimento em juízo duas vezes por mês, o companheiro recebeu prisão provisória sem direito a fiança, de acordo com o jornal Hoy. A diocese de Plasencia, responsável pela paróquia de Don Benito, expressou sua tristeza pela detenção e pelos danos morais causados, aguardando a completa elucidação dos fatos.

Destaques