Chips de internet serão distribuídos para estudantes de baixa renda

Iniciativa do programa Internet Brasil visa democratizar o acesso à educação online para alunos do CadÚnico.

Por Plox

20/03/2024 08h30 - Atualizado há 3 meses

Alunos de famílias cadastradas no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) receberão chips de internet gratuitamente como parte do programa Internet Brasil, uma colaboração entre os ministérios das Comunicações e da Educação. Esta medida tem como objetivo oferecer aos estudantes da educação básica de escolas públicas, uma oportunidade de acessar recursos educacionais online, visando promover uma educação mais inclusiva e auxiliar na retenção escolar.

  Arquivo/Agência Brasil

Democratização do Acesso à Educação

O programa Internet Brasil se compromete a tornar o acesso à informação mais igualitário, abrindo caminhos para a implementação de métodos alternativos de ensino. Essa iniciativa reflete o esforço do governo em assegurar que a falta de acesso à internet não seja um obstáculo para o aprendizado e desenvolvimento educacional dos estudantes provenientes de famílias de baixa renda.

Expansão e Implementação

O lançamento do programa viu a implementação inicial em escolas públicas conectadas pelo Programa Nordeste Conectado, beneficiando alunos de cidades como Caicó (RN), Campina Grande (PB), Caruaru (PE), Juazeiro (BA), Mossoró (RN) e Petrolina (PE). Posteriormente, a iniciativa foi estendida para incluir estudantes de seis municípios de Minas Gerais: Araguari, Conceição das Alagoas, Nova Serrana, Prata, Uberaba e Uberlândia.

Recentemente, na última terça-feira (12), o programa expandiu seu alcance para as redes estaduais de ensino do Amapá, Bahia, Maranhão, Pará e Rio Grande do Norte, marcando um passo significativo na direção de uma educação mais acessível e equitativa para todos os estudantes brasileiros.

Destaques