Estudante universitário é encontrado morto após participar de festa de república

O fato está sob investigação, com a polícia aguardando os resultados dos exames necroscópico e toxicológico para determinar as causas da morte

Por Plox

20/03/2024 19h47 - Atualizado há 3 meses

Joaquim Felipe Feliciano Espíndola, 18 anos, estudante de engenharia elétrica da Unesp, foi encontrado morto em sua república estudantil em Bauru, São Paulo, na última segunda-feira (18), gerando comoção e uma investigação policial sobre as circunstâncias de sua morte, considerada suspeita pela Polícia Civil. O jovem, que havia se mudado recentemente para a cidade para iniciar seus estudos na universidade, passou mal após participar de uma festa universitária, vindo a falecer horas depois, conforme relatado por seus colegas de república.

Foto: Reprodução/ Redes Sociais 

O fato está sob investigação, com a polícia aguardando os resultados dos exames necroscópico e toxicológico para determinar as causas da morte. Colegas de república e possivelmente outros participantes da festa serão ouvidos nos próximos dias. Joaquim, originário de Andradina (SP), foi descrito por familiares como um jovem que não consumia bebidas alcoólicas e não tinha problemas de saúde conhecidos, além de ser um entusiasta do esporte, participando inclusive de campeonatos de judô.

Destaques