Publicidade

Coronavírus e o mundo Pet: como a crise tem afetado as ONG’S?

20/04/2020 12:30

Protetora apela para a solidariedade para continuar cuidando dos animais abandonados

Publicidade

Conhecido como a Arca da Fran, uma protetora dos animais que atua nas ruas resgatando animais abandonados apela para a solidariedade da população.

Francélia Rangel que há nove anos vem desenvolvendo esse trabalho em Ipatinga, procurou a redação do Plox para fazer um pedido à população para que ela tenha condições de continuar desenvolvendo esse trabalho de resgate e reabilitação dos animais. Ela que também foi resgatada, como ela mesma diz, encontrou sua missão através do trabalho do resgate dos animais.

WhatsApp Image 2020-04-20 at 12.02.28Foto: Divulgação
 

Sabemos que os cães são os melhores amigos do homem, mas o homem é o que do animal? Muitos animais são tratados como simples brinquedos e abandonados quando menos esperam. Quem nunca viu um post sobre um animal sendo doado por mudança de residência ou apenas por desistência? Como deixar de amar um bichinho que muitas vezes foi exibido com orgulho, ou como parte da família? Uma história comovente é da cachorrinha Diana, uma vira latas que foi encontrada em situação grave e após a reabilitação, recebeu uma nova família e uma nova chance.

Atualmente o abrigo possui quase 70 animais aguardando por adoção e Fran nos contou que tem passado por muita dificuldade para manter o funcionamento do local devido a não ter recursos suficientes. O abrigo é mantido por ela, seus familiares e doações de amigos. Fran precisa de ração, material de higiene e limpeza, de doações para terminar a construção do abrigo e manutenção dos animais.

WhatsApp Image 2020-04-20 at 12.02.28 (1)Foto: Divulgação
 

A Organização Mundial da Saúde estima que só no Brasil existem mais de 30 milhões de animais abandonados, entre 10 milhões de gatos e 20 milhões de cães. Em cidades de grande porte, para cada cinco habitantes há um cachorro. Destes, 10% estão abandonados. No interior, em cidades menores, a situação não é muito diferente. Em muitos casos o número chega a 1/4 da população humana.

O Brasil não tem leis efetivas para defender os animais, principalmente de maus-tratos, o que já existe em outros países. 

Enquanto isso, os animais abandonados dependem de anjos como é o caso da protetora Francélia Rangel. 
“Há quase nove anos eu morava nas ruas e vivia uma vida de abandono e drogas, até que encontrei um sentido para minha vida. Nunca precisei me internar em clínicas de recuperação pois resgatar e reintegrar os animais abandonados deu todo um novo sentido à minha vida. Quando eu os vejo recuperados e com uma nova vida, eu me sinto realizada, é como se Deus tivesse me dado uma missão e isso me completa.” _ Francélia Rangel

Para mais informações e fazer sua doação: 31 98578-1774 ou @frann.rangel (Arca da Fran)



Publicidade