Aperam BioEnergia e Fundação Aperam Acesita realizam encontro com Secretarias Municipais de Educação 

20/05/2019 09:36

O foco principal foi apresentar a proposta de Formação Continuada para os especialistas das escolas públicas do Vale do Jequitinhonha

Publicidade

A Aperam BioEnergia e a Fundação Aperam Acesita realizaram na última quarta-feira (15), em Capelinha, um encontro com representantes das Secretarias de Educação dos municípios de Capelinha, Itamarandiba, Turmalina, Minas Novas e Veredinha. A proposta de Educação Continuada faz parte do Programa de Melhoria da Qualidade do Ensino, que é desenvolvido pela Aperam South América, por meio da Aperam BioEnergia e da Fundação Aperam Acesita. O objetivo foi apresentar e alinhar o planejamento estratégico das ações que serão desenvolvidas em três módulos.

A secretária municipal de Educação de Minas Novas, Helena Almeida, foi uma das participantes do encontro e frisou sobre a relevância da capacitação para a prática pedagógica. “Um momento de discussão, troca de anseios entre dirigentes educacionais e pedagogos das SMEs. O trabalho em rede desenvolvido pela Aperam junto às secretarias de educação tem sido de grande relevância no âmbito municipal, no sentido de alinhar, capacitar e nortear os nossos trabalhos. A Empresa se destacou, mais uma vez, na capacitação das equipes”, afirmou a secretária.

Equipe da Aperam BioEnergia e Fundação durante reunião com as secretarias (Foto: divulgação)Equipe da Aperam BioEnergia e Fundação durante reunião com as secretarias (Foto: divulgação)

Planejamento colaborativo O gestor de Responsabilidade Social da Aperam BioEnergia, Raimundo Lima, reforçou sobre a importância da formação continuada. “É o ponto de partida para a melhoria da qualidade do ensino, sobretudo quando desenvolvida de forma planejada e colaborativa em consonância com as diretrizes da rede de ensino. Oportuniza aos profissionais da educação uma análise crítica, inovadora e permanente de sua prática, a partir das necessidades locais”, pontuou.

Currículo Socioemocional O Formação Continuada está alinhado à implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), um documento que regulamenta quais são as aprendizagens essenciais a serem trabalhadas nas escolas brasileiras públicas e particulares em todos os níveis de ensino. O Currículo Referência de Minas Gerais será efetivamente cobrado a partir de 2020. Este é, portanto, um ano de transição e de adequação para os municípios.

Equipe da Aperam BioEnergia e Fundação durante reunião com as secretarias (Foto: divulgação)Equipe da Aperam BioEnergia e Fundação durante reunião com as secretarias (Foto: divulgação)

Conforme explica a coordenadora de Projetos da Fundação Aperam, Flávia Souza, a proposta visa, prioritariamente, estudar e apresentar aos municípios a análise do IDEB (que neste ano passa a ser o SAEB – Sistema de Avaliação da Atenção Básica). O SAEB inclui todas as avaliações externas que compõem o índice de desempenho de cada escola e cidade. “Portanto, o novo SAEB, a BNCC e o Currículo Referência de Minas Gerais nortearão a vida escolar em 2019 como ponto de partida para a efetiva implementação em 2020”, pontuou Flávia Souza.



Publicidade