"O país é maravilhoso, tem tudo para dar certo, mas o problema é a nossa classe política", discursa Bolsonaro

20/05/2019 15:14

Ele ainda afirmou que 'não existe maior satisfação para um político do que ser reconhecido em qualquer lugar, do Brasil ou fora do Brasil. Ser reconhecido pelo lado bom"

Publicidade

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) recebeu uma homenagem na Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), nessa segunda-feira, 20 de maio. Em um momento de seu discurso, ele afirmou que o Brasil é um país “que tem tudo para dar certo, mas que o problema é a sua classe política”. Na sequência, Bolsonaro disse que essa situação tem que mudar. “É um país maravilhoso que tem tudo para dar certo, mas o grande problema é a nossa classe política. É nós, Witzel, é nós, Crivella, sou eu Jair Bolsonaro, é o Parlamento em grande parte, é a Câmara Municipal, a Assembleia Legislativa”, afirmou o presidente, se dirigindo ao governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC) e o prefeito Marcelo Crivella (PRB).

Bolsonaro- Foto: Agência Brasil

Bolsonaro discursou em evento que o homenageou na Firjan- Foto: Agência Brasil


O presidente emendou, ressaltando a necessidade de mudanças no paradigma político: “Nós temos que mudar isso. Não existe maior satisfação para um político do que ser reconhecido em qualquer lugar, do Brasil ou fora do Brasil. Ser reconhecido pelo lado bom. Temos que mudar o destino do Brasil", defendeu. 

Aprovação da Previdência

No evento, o mandatário falou novamente sobre a importância da aprovação da reforma da Previdência, tema bastante abordado e defendido por ele. Bolsonaro ressaltou que a mudança deve ficar ‘salgada’ para alguns, porém, ele defendeu que o objetivo é o combate aos privilégios. De acordo com os cálculos realizados pela equipe de Economia do governo, encabeçada por Paulo Guedes, com a aprovação, a estimativa é de que a economia no país chegue a R$ 1,236 trilhão em 10 anos. 

Atualizada às 14h10
 



Publicidade