Motoristas rodoviários aderem a paralisação no Vale do Aço

20/05/2019 07:54

As empresas Univale, Saritur e Autotrans amanheceram em paralisação

Publicidade

Na manhã desta segunda-feira (20), funcionários do transporte coletivo decidiram "deflagar uma greve e convocar todos os trabalhadores para cruzarem os braços". Sem chegar a um consenso sobre a negociação salarial de 2019, as empresas Univale, Saritur e Autotrans amanheceram em paralisação.

Segundo o Sinttrocel, Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários do Vale do Aço, a mobilização não tem data para ser encerrada. O atual presidente, Marlúcio Negro da Silva, anunciou antecipadamente a disposição de ocorrer a greve e alertou que se a paralisação ocorresse traria consequências para a sociedade, serviços públicos e hospitais, que foram alertados por ele.

greve onibus


A manifestação dos motoristas tem trazido muitos transtornos aos moradores da região. "A gente foi pego de surpresa. Desde às 5h da manhã estou no ponto. Muitos trabalhadores esperaram e nada. O pessoal da univale "sacaneou" e não alertou a gente. Preciso de trabalhar. Infelizmente, sempre a mesma coisa e nada se resolve. Estou indignada", disse uma usuária.


O portal Plox tentou entrar em contato com as empresas, mas ainda não obteve retorno.
 



Publicidade