Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    PM prende suspeitos de assaltarem mercearia e ameaçarem vítimas de morte em Timóteo

    Segundo a PM, os suspeitos teriam fugido para uma mata, mas foram perseguidos e capturados

    Por Plox

    20/05/2021 13h02 - Atualizado há 4 meses

    Nessa quarta-feira (19), a Polícia Militar (PM) prendeu quatro indivíduos, sendo dois de 22 anos, um de 23 anos e um de 40 anos, suspeitos de formação de quadrilha e assalto a mão armada a uma mercearia, no bairro Novo Tempo em Timóteo-MG.

    De acordo com a PM, as vítimas, um homem de 28 anos e uma mulher de 25 anos, relataram que, após abrirem o comércio, foram rendidas por dois indivíduos armados com revólveres. Os indivíduos os renderam e fizeram com que elas os levassem até o quarto de seus pais, que residem no andar de cima do estabelecimento.

    Conforme relatado pelas testemunhas aos militares, no quarto, os indivíduos ameaçaram as vítimas de morte, exigiram as alianças e dinheiro do casal. Percebendo que no quarto não havia dinheiro, os indivíduos subtraíram do caixa do estabelecimento R$ 4.211 e três celulares dos funcionários. Um dos suspeitos usava capacete de motociclista e óculos para encobrir o rosto e o outro usava capuz de blusa de moletom e máscara também para esconder o rosto. Após o crime, os indivíduos fugiram a pé.

    Foto: divulgação/ PM

     

    Durante diligências, os militares conseguiram informações de que os suspeitos do roubo seriam do bairro Alvorada e membros de uma gangue denominada “ALV”. Após levantamentos, os indivíduos foram localizados em um matagal próximo aos bairros Funcionários e João XXIII. Com apoio da aeronave Pégasus os indivíduos foram visualizados pelos militares em terra, obtendo êxito na abordagem dos suspeitos, exceto um deles, que não foi localizado.

    Durante a operação, os policiais encontraram com um indivíduo de 22 anos a quantia de R$ 835. Outro indivíduo, da mesma idade, teria dispensado uma sacola e no seu interior havia três celulares em mau estado de conservação, a quantia de R$ 715 e uma identidade falsa, que seria utilizada por um dos indivíduos.

    Após a operação, um dos jovens levou os militares até o local onde esconderam a arma de fogo utilizada no crime, sendo localizado um revólver calibre .38, carregado com seis munições calibre .38 intactas.

    Ainda segundo a PM, o suspeito relatou que o dinheiro que estava com ele era referente ao "aluguel" da arma de fogo utilizada no crime. Um indivíduo de 23 anos também foi localizado pelos militares e relatou aos policiais que apenas emprestou uma réplica de uma pistola para ser utilizada no crime, porém, não disse para quem emprestou.

    Conforme relatado no Boletim de Ocorrência, durante deslocamento até a residência do suspeito, os militares apreenderam a réplica, R$ 280 e algumas roupas, provavelmente utilizadas no assalto.

    Diante dos fatos foi dada voz de prisão ao suspeito de 23 anos por roubo, formação de quadrilha ou bando e uso de documento falso. Um dos indivíduos de 22 anos tinha um mandado de prisão em aberto por porte ilegal de arma de fogo, formação de quadrilha ou bando e suspeito de participar do crime. Um homem de 40 anos também foi detido suspeito de formação de quadrilha ou bando.

    Os indivíduos e os materiais apreendidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil.
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]