Homem comete feminicídio contra ex-mulher e usa Bíblia como justificativa em MG

A vítima foi brutalmente assassinada com golpes de enxada e faca, e seu corpo foi abandonado próximo à linha do trem

Por Plox

20/05/2024 19h09 - Atualizado há cerca de 1 mês

Um homem de 47 anos foi preso, suspeito de matar sua ex-companheira, de 44 anos, em um crime ocorrido em abril na cidade de Juatuba, região metropolitana de Belo Horizonte. A vítima foi brutalmente assassinada com golpes de enxada e faca, e seu corpo foi abandonado próximo à linha do trem. Os pertences da mulher foram jogados em um rio nas proximidades.

Foto: Reprodução/Pixabay

De acordo com a Polícia Civil de Minas Gerais, o crime foi motivado por vingança. O homem, separado da vítima há oito anos, ficou enfurecido ao descobrir que ela havia iniciado um novo relacionamento e planejava se casar novamente.

"A mulher tinha medo do homem, tanto que ela não contou que estava namorando. Porém, ele descobriu esse novo relacionamento ao questionar um dos filhos que ele tem com a mulher", revelou a delegada Raquel Gontijo, responsável pelas investigações. A delegada também destacou que o suspeito vigiava a rotina da ex-companheira através das frestas da humilde casa onde ela morava.

Na última sexta-feira (18), o suspeito se entregou à polícia e forneceu detalhes sobre o crime, justificando suas ações com uma passagem bíblica do livro dos Provérbios, capítulo 6, versículo 34: "porque furioso é o ciúme do marido; e de maneira nenhuma perdoará no dia da vingança. Nenhum resgate aceitará, nem consentirá, ainda que multipliques os presentes."

A brutalidade do crime e a justificativa apresentada pelo suspeito chocaram a comunidade local e levantaram discussões sobre a necessidade de medidas mais eficazes para prevenir casos de feminicídio e proteger vítimas de violência doméstica.

 

 

 


 

Destaques