Terremoto de escala 5.5 é sentido na Argentina e regiões do Chile

20/06/2019 08:17

Moradores saíram de suas casas por conta dos abalos

Publicidade

A cidade de Mendoza, na Argentina, e algumas regiões do Chile foram sacudidas por um terremoto de magnitude 5.5 na escala Richter na noite dessa quarta-feira, 19 de junho. A movimentação abalou também as regiões chilenas de Coquimbo, O'Higgins, Valparaíso e Região Metropolitana de Santiago.

Mendoza

A avenida principal de Mendoza ficou cheia de pessoas que saíram de suas casas por conta dos abalos- Foto: Reprodução

Mendoza e San Juan foram duas das províncias onde o tremor foi mais sentido pelos moradores. Alguns locais ficaram sem energia elétrica e diversas pessoas saíram para as ruas, principalmente moradores de prédios mais altos. Nos edifícios, vidros se quebraram e uma casa em situação precária em Las Heras, foi muito danificada, segundo o site Perfil, da Argentina. Em Mendoza, este foi o terremoto mais forte dos últimos trinta anos, conforme a imprensa argentina. Em San Juan também várias pessoas foram evacuadas de suas casas. Uma rede de televisão local registrou os momentos do tremor, que aconteceram exatamente quando era realizado um julgamento de tráfico de mulheres no Tribunal Federal.

Os abalos foram registrados às 21h23 no horário do país (22h23 no Brasil). O epicentro se concentrou há 92 quilômetros de Mendoza, em 191,8 quilômetros de profundidade. A informação é do Centro Sismológico Nacional da Universidade do Chile. Ainda não há informações sobre vítimas.

Atualizada às 8h37
 



Publicidade