Ipatinga

polícia

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Professor de educação física é indiciado por estupro de três adolescentes em BH

    Homem era professor de uma escola estadual na capital mineira quando teria abusado de três meninas, de 13 e 14 anos

    Por Plox

    20/06/2022 19h39 - Atualizado há 7 dias

    A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) concluiu as investigações e indiciou por estupro de vulnerável e importunação sexual um professor de educação física de uma escola da rede estadual de ensino de Belo Horizonte-MG.

    As vítimas, três meninas, com idades de 13 e 14 anos, relataram os abusos aos responsáveis pela direção da escola, que acionou, em maio deste ano, a Polícia Militar para o registro da ocorrência.

    O caso foi investigado pela Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente, da Polícia Civil, e segundo a delegada responsável, Thais Degani, indiciou o suspeito com base em uma recente decisão do Superior Tribunal de Justiça. “O STJ decidiu que a prática de ato libidinoso com menor de 14 anos é crime de estupro de vulnerável, independentemente da superficialidade da conduta, logo, não é possível desclassificar o ato para importunação sexual”, esclareceu a delegada.

    O crime de estupro de vulnerável tem pena de 8 a 15 anos de reclusão.
     

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]