Brasil

estilo

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Criança e pré-adolescente podem fazer tratamento estético?

    80% dos jovens entre 11 e 20 anos têm acne. Especialista dermato funcional explica os procedimentos mais indicados nessa faixa etária

    Por Plox

    20/10/2020 22h36 - Atualizado há 9 meses

    De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatra, cerca de 80% dos jovens na faixa de 11 a 20 anos sofre com acnes, que podem variar em 4 graus, sendo eles denominados como: leve, moderado, intenso e grave.  

    Por ser uma fase de amadurecimento hormonal - também denominada de  transição hormonal - mudanças também podem ocorrer no peso, nos cabelos e principalmente na pele dessa idade.  

    Segundo Aline Caniçais, especialista dermato funcional, além da questão hormonal, má alimentação e predisposição genética podem ser fatores determinantes para o desenvolvimento de acnes e espinhas.

    Rotina skincare  

    De acordo com Aline, criar uma rotina de limpeza e cuidados diário com produtos que reduzem a oleosidade, é recomendado para diminuir os poros e auxiliar na ação secativa das espinhas. “A pele do jovem pede produtos adequados, como sabonetes suaves e livres de ácidos, aplicar protetores a base de gel e, caso apareçam espinhas, aplicar um secativo sobre elas”, afirma.  

    Imagem ilustrativa. Foto: Pixabay

     

    Terapia com Microcorrente

    Em alguns casos, com indicação médica, adolescentes podem realizar o tratamento com equipamentos de microcorrentes, o procedimento promove efeitos anti-inflamatórias e cicatrizantes da pele. “Muitos pacientes acompanhados dos pais ao chegarem nas clínicas relatam o uso de produtos comprados em farmácias. Alguns podem prejudicar ainda mais as inflamações na pele”, ressalta a especialista.  

    Tratamentos com Luz Pulsada

    Aline também indica o tratamento de  Luz Intensa Pulsada, que emite luz causando a destruição das células afetadas, diminuindo gradativamente a quantidade de acnes, de acordo com o número de sessões realizadas. A especialista ressalta a importância de consultar um especialista, para que o tratamento seja o mais adequado para o quadro específico.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]