TJMG anula decisão favorável ao Atlético em processo movido por empresário

André Cury cobra mais de R$ 1 milhão do Galo devido à compra do meia Otero

Por Plox

20/10/2022 13h27 - Atualizado há mais de 1 ano

Não é novidade a briga judicial travada entre o empresário André Cury e o Atlético Mineiro. Em nova ação judicial, o agenciador de jogadores cobrou R$ 1.364.256,00 ao time mineiro, valores relacionados à negociação do meia Rômulo Otero.

O time mineiro havia conseguido uma decisão judicial favorável, que interpretou como improcedente o pedido de Cury. Entretanto, o TJMG (Tribunal de Justiça de Minas Gerais) cancelou a decisão. Com isso, a cobrança segue em aberto.

Segue abaixo a nova decisão:

"Pelo exposto, acolho os embargos de declaração de id. 9579064478 para sanar o vício apontado, declarando nulos todos os atos posteriores à juntada dos documentos com a contestação e, por conseguinte, determino o retorno do processo à fase de impugnação à contestação, com base nos arts. 350 e 351 do CPC, com a concessão da visibilidade, à parte autora, de todos os documentos que instruíram a contestação".

A decisão do TJMG foi tomada após a defesa do empresário afirmar que não havia tido acesso há alguns documentos em torno do processo, e portanto, isso não permitiu que o empresário de se manifestar. A decisão havia sido revelada anteriormente pelo site GOAL.

Destaques