Horror em Divinópolis: mulher filma irmãos menores em ato sexual como vingança

Promotor investiga extensão dos abusos após mulher usar vídeo de crianças para acusar ex-companheira.

Por Plox

20/12/2023 16h42 - Atualizado há 4 meses

Em um caso chocante em Divinópolis, no Centro-Oeste de Minas, uma mulher de 32 anos foi presa por filmar dois irmãos, de 9 e 4 anos, em ato sexual. O promotor da Vara da Infância e Juventude, Carlos Fortes, também conhecido como Casé Fortes, confirmou o incidente nesta quarta-feira (20/12). A mulher apresentou o vídeo ao Conselho Tutelar como uma forma de vingança contra sua ex-companheira, mãe das crianças.

Investigações em Andamento Após a apresentação do vídeo, que foi gravado no domingo (17/12), as autoridades foram notificadas e a mulher foi presa conforme o artigo 240 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) solicitou medidas protetivas para as crianças filmadas, que já estão em acolhimento institucional. Além disso, está sendo investigado se esses abusos vinham ocorrendo há mais tempo.

Detalhes Perturbadores O promotor descreveu as imagens como absurdas, onde a mulher responsável pela gravação incentivava as crianças a culpar a mãe pelos atos. As crianças, segundo o promotor, "não têm nem capacidade física" para realizar os atos mostrados no vídeo. Medidas protetivas foram solicitadas também para um filho da mulher presa.

Outro Caso Grave Além deste caso, o promotor Casé Fortes mencionou outra situação grave de abuso infantil. Um bebê de um ano e sete meses, vítima de abuso e maus-tratos pela madrasta, está internado após uma cirurgia para retirar a tampa de um desodorante roll-on inserido em seu ânus. A madrasta, presa no presídio Floramar, tem uma filha da mesma idade da vítima, para a qual também foi solicitada proteção.

Destaques