Cruzeiro vence o Operário jogando “em casa”

A equipe mineira garantiu matematicamente a permanência na Série B

Por Plox

21/01/2021 02h24 - Atualizado há cerca de 1 mês

Na noite desta quarta-feira (20), o Cruzeiro ganhou, de 2 a 1, jogando contra o Operário. A equipe mineira garantiu matematicamente a permanência na Série B jogando no Independência, em Belo Horizonte-MG.

Cruzeiro sofreu com o volume de jogo do Operário, mas aproveitou a primeira chance real para abrir o placar e depois sustentou a vantagem com tranquilidade. Manoel cortou de cabeça e fez um lançamento sem querer para Rafael Sóbis, que chapelou o goleiro e conclui para o gol pressionado pelo zagueiro Reniê.
Mas o jogo não foi nada fácil para a equipe mineira, até os primeiros vinte minutos de jogo, o Cruzeiro foi facilmente dominado pelo Operário. A equipe paranaenses dominou o meio, e o time celeste não conseguiu sequer uma sequência de passes no setor ofensivo

Adriano mais uma vez foi destaque. O volante cruzeirense fez um bom primeiro tempo, criando jogadas.

O Cruzeiro já voltou pro segundo tempo atacando o Operário, Airton fez boa jogada e foi travado na hora da conclusão. Pottker pegou a sobra e chutou no cantinho, para defesa de Martín Rodríguez.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

A equipe visitante cresceu no jogo, dominando a partida. Aos nove minutos do segundo tempo, Jean Carlo rolou a bola para Ricardo Bueno que soltou uma bomba, a bola resvalou em Manoel e entrou no canto.

Aos 13 minutos da etapa final o Operário ficou com um a menos, mas não em campo, cartão vermelho para Jorge Jiménez, no banco de reservas, por reclamação.

O Cruzeiro marcou aos 30 minutos para virar a partida no Independência. Manoel fez um lançamento para William Pottker, que ganhou na corrida, de Fabiano, e tocou na saída do goleiro.

No fim da partida o time mineiro perdeu a chance de ampliar o placar, Rafael Pottker arrancou pela esquerda, invadiu a área e rolou para Airton chutar. A bola sobrou para Welinton, quase embaixo da trave, mas ele errou o chute e perde uma chance incrível.

Ainda teve tempo para o atacante, Diego Cardoso, do Operário, tomar cartão vermelho.
 

PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021