Timóteo retoma as aulas de forma semipresencial no dia 22 de fevereiro com rodízio de turmas

Definição ocorreu após aprovação pelo Conselho Municipal de Educação e pelo Comitê de Enfrentamento à Covid-19; gestores, servidores e motoristas de transporte escolar terão que passar por uma capacitação para fazer a transição ao Novo Normal

Por Plox

21/01/2021 18h08 - Atualizado há cerca de 1 mês

A volta às aulas na rede municipal de ensino de Timóteo está prevista para o dia 22 de fevereiro e obedecerá a uma série de protocolos sanitários para alunos, educadores e demais profissionais da área administrativa.  No caso das escolas particulares o ano letivo começa no dia 1º de fevereiro. A decisão sobre o retorno às aulas já contava com o aval do Conselho Municipal de Educação e na noite de quarta-feira foi endossada pelo Comitê de Enfrentamento à Covid-19.

As aulas ocorrerão em sistema semipresencial com rodízio entre os alunos. Ficou definido o revezamento, sendo que 50% de uma mesma turma terá aula presencial numa semana, enquanto os outros 50% dos alunos receberão o conteúdo de forma remota. Na semana seguinte aqueles que estavam em casa terão aula presencial e o restante ficará em casa. Ficou acertado também que os alunos continuarão recebendo os blocos de atividades para desenvolver nos dias em que estarão em casa, a exemplo do ano de 2020.

De acordo com o secretário municipal de Educação, José Vespasiano Cassemiro, o Professor Vespa, a decisão de retomar as aulas de forma semipresencial, com rodízio entre os alunos, foi adotada após uma ampla discussão na qual todas as condições de segurança foram avaliadas para preservar a saúde dos profissionais da Educação e também dos alunos.  

Ele explicou que o retorno às atividades escolares seguirá o Plano de Retomada Gradativa às Aulas Presenciais/2021m, formulado pela Secretaria de Educação Cultura, Esporte e Lazer de Timóteo. Além de cumprir todos os protocolos sanitários, o cenário epidemiológico do município, da região e estado será alvo de monitoramento constante. “A reabertura das escolas deve estar focada no sentido de atenuar os efeitos no sistema educacional tendo como premissa à preservação da vida, a redução das desigualdades sociais, a interlocução com os conselhos de educação municipal e estadual e outros órgãos da administração pública ou privada ligada à Educação”, reforçou Professor Vespa.

A rede municipal de ensino de Timóteo conta com cerca de seis mil alunos, distribuídos em 266 turmas da Educação Infantil (4 e 5 anos), Ensino Fundamental, anos iniciais e finais, e creches. O Município conta com 18 escolas municipais, 11 estaduais e 12 creches conveniadas.

Foto: Divulgação PMT

 

Protocolos

Servidores das escolas também serão treinados por equipes da Secretaria de Saúde para reconhecer os sintomas da Covid-19 como febre, dor de garganta e de cabeça, tosse, fadiga, perda do paladar e do olfato, dor muscular, náusea ou vômito, falta de ar ou dificuldades de respirar; congestão nasal ou coriza e diarreia.

Os alunos terão que manter distanciamento entre si de 1,5 metro em todas as atividades presenciais; os espaços internos das escolas serão demarcados com fita zebrada; está vedado o uso do laboratório de informática ; obrigatoriedade do uso de mascas individuais; não haverá recreio, sendo que as turmas serão intercaladas para intervalos de 10 minutos para o lanche; serão disponibilizados álcool em gel em dispenser para todos os usuários da escola; entre outras iniciativas. Alunos e trabalhadores que se enquadrem no grupo de risco serão afastados das atividades como maiores de 60 anos, gestantes, pessoas com febre, tosse seca persistente, coriza e falta de ar; portadores de imunodeficiência; transplantados; diabéticos; e portadores de doenças respiratórias crônicas, em tratamento quimioterápico e cardiopatas.

Foto: Divulgação PMT

 

Capacitação

Nos dias 5 e 6 estão previstos a realização de cursos de capacitação para o Novo Normal para os representantes das escolas. Esse treinamento será conduzido por técnicos da Vigilância Sanitária, do setor de Medicina do Trabalho e será viabilizado nos mesmos moldes em que foi realizado para os segmentos religiosos, comerciais e esportivos da cidade.  Os motoristas do transporte escolar também deverão se submeter a essa capacitação oferecida gratuitamente pelo Município.

No caso do transporte escolar os motoristas deverão reduzir em 50% o número de estudantes transportados por veículos; será exigido a higienização dos veículos com água sanitária diluída em água; disponibilização de álcool em gel; obrigatoriedade do uso de máscara no interior o veículo e manter aberta todas as janelas a fim de possibilitar a maior circulação de ar possível.  
 

PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021