Ipatinga

política

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    João Leite continuará à frente da Comissão Pró-Ferrovias Mineiras

    Deputado Gustavo Mitre é eleito vice-presidente, e Roberto Andrade reassume a relatoria.

    Por Plox

    21/03/2019 13h06 - Atualizado há mais de 3 anos

    O deputado João Leite (PSDB) foi reconduzido ao cargo de presidente da Comissão Extraordinária Pró-Ferrovias Mineiras da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). Na reunião realizada nesta quarta-feira (20/3/19), o deputado Gustavo Mitre (PSC) foi eleito vice-presidente.

    João Leite esteve à frente dos trabalhos da Comissão Pró-Ferrovias na legislatura passada. Agora, novamente, o grupo extraordinário funcionará por um ano, prazo que pode ser prorrogado por igual período. As atividades serão realizadas em conjunto com as comissões permanentes relacionadas ao tema.

    Ao reinstalar a comissão, a Mesa da ALMG listou entre suas atribuições debates sobre as potencialidades do transporte ferroviário de cargas e de passageiros e sobre as possibilidades de investimento em ferrovias mineiras, bem como seus impactos.

    Também é meta do grupo a discussão em torno da renovação das concessões ferroviárias e suas contrapartidas necessárias. A comissão terá reuniões ordinárias às quintas-feiras, às 14h15.

    Relatório – O deputado Roberto Andrade (PSB) será novamente o relator da comissão. No ano passado, seu texto trouxe recomendações ao Poder Público para a recuperação e ampliação da malha ferroviária do Estado. Uma delas é para a criação de um órgão específico para planejar a integração ferroviária do Estado.

    Resultado de imagem para deputado joão leite minas gerais

    O tema ressurgiu na reunião desta quarta (20) com a sugestão do deputado Glaycon Franco (PV), apoiada por Marília Campos (PT), de que a comissão atue, no âmbito do projeto de reforma administrativa em tramitação na ALMG, para a definição de um órgão no Executivo para concentrar a interlocução sobre o tema.

    Gustavo Mitre reiterou que não faz sentido um Estado com as dimensões e a malha ferroviária de Minas não ter essa instância específica. Já João Leite salientou que o Executivo já entendeu essa necessidade, em virtude também da disputa pelos recursos da renovação das concessões.

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2022[email protected]