Contas da Cemig ficarão em média 8,73% mais caras a partir do dia 28

21/05/2019 14:45

A concessionária atende 774 municípios no estado de Minas

Publicidade

Como anunciado no último dia 17 de maio, os consumidores mineiros pagarão mais caro nas contas da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) a partir do próximo dia 28. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) deu o aval para o reajuste com um aumento médio de 8,73% para os clientes, aprovando o percentual solicitado pela concessionária.

A concessionária atende 774 municípios no estado de Minas

Foto: Marcos Vieira / EM / D.A.Press

Clientes de baixa renda (residenciais) pagarão o referente a um percentual de 7,89%, enquanto, que empresariais (industriais) desembolsarão o equivalente a 10,71%. O crescimento dos gastos para adquirir a energia foi um dos fatores que a Aneel atribuiu à alta na tarifa aos consumidores. 

O total de consumidores é de 8,4 milhão, em 774 cidades do estado. A concessionária alcançou um lucro líquido de R$ 797 milhões somente nos primeiros três meses deste ano, representando 72%, conforme balanço da empresa anunciado nessa quinta-feira, 17. Segundo a Cemig, a empresa fechou o primeiro trimestre de 2018 com lucro menor, de R$ 465 milhões, devido a um “forte aumento do consumo por causa das altas temperaturas”. A afirmação é do superintendente de relações com investidores, Antônio Carlos Vélez.

Atualizada às 17h37



Publicidade