Conab suspende leilão para compra de 104 mil toneladas de arroz

Novo leilão será anunciado em breve para garantir abastecimento após enchentes no RS

Por Plox

21/05/2024 14h47 - Atualizado há 29 dias

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) suspendeu o leilão previsto para hoje (21) que visava a compra de 104 mil toneladas de arroz beneficiado polido. A decisão foi divulgada na noite de ontem (20), juntamente com a informação de que uma nova data “será publicada oportunamente”.

Foto:  Marcello Casal JrAgência Brasil

Medidas para conter crise no abastecimento

O leilão tem como objetivo principal assegurar o abastecimento de arroz após as enchentes no Rio Grande do Sul, estado responsável por 70% da produção nacional do grão.

Além disso, o Comitê Executivo de Gestão (Gecex) da Câmara de Comércio Exterior (Camex) realizou ontem uma reunião extraordinária, onde decidiu zerar as tarifas para dois tipos de arroz não parboilizados e um tipo polido/brunido. A isenção tarifária é válida até 31 de dezembro e a Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (Mdic) monitorará a situação para possíveis ajustes na vigência da medida.

Inclusão na Letec e impacto nas importações

Para implementar a isenção tarifária, os três tipos de arroz foram adicionados à Lista de Exceções à Tarifa Externa Comum (Letec) do Mercosul. Segundo o Mdic, a medida foi solicitada pelo Ministério da Agricultura e Pecuária em conjunto com a Conab.

Atualmente, a maior parte do arroz importado pelo Brasil vem de países do Mercosul, onde não há cobrança de tarifa de importação. Com a redução a zero da alíquota, o Brasil poderá adquirir arroz de outros grandes produtores, como a Tailândia, que até abril deste ano representava 18,2% das importações brasileiras de arroz.

 

 

 


 

Destaques