Vacina da Moderna contra Covid chega a São Paulo e começa a ser aplicada nesta quarta

Campanha visa imunizar grupos prioritários com 135 mil doses do imunizante atualizado

Por Plox

21/05/2024 16h56 - Atualizado há 30 dias

Nesta quarta-feira (22), a cidade de São Paulo inicia a aplicação da vacina Spikevax, da farmacêutica Moderna, em sua campanha contra a Covid-19. Recebidas do Ministério da Saúde, as 135.360 doses serão destinadas à imunização dos grupos prioritários, utilizando a versão mais recente da vacina.

Grupos Prioritários

Os seguintes grupos serão imunizados:

  • Pessoas de 60 anos ou mais: uma dose a cada 6 meses
  • Gestantes e puérperas: uma dose a cada 6 meses
  • Pessoas com imunossupressão: uma dose a cada 6 meses
  • Indígenas, quilombolas e ribeirinhos: dose anual
  • Trabalhadores da Saúde: dose anual
  • Pessoas com deficiência permanente: dose anual
  • Pessoas com comorbidades: dose anual
  • Pessoas em privação de liberdade: dose anual
  • Funcionários do sistema carcerário: dose anual
  • Pessoas em situação de rua: dose anual

Locais de Vacinação

As doses estarão disponíveis em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da cidade, de segunda a sexta-feira, e nas AMAs/UBSs Integradas, de segunda a sábado, incluindo feriados, das 7h às 19h.

Aprovação e Eficácia

A vacina da Moderna foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em março deste ano. A Spikevax, uma vacina monovalente, está atualizada para a variante XBB 1.5, uma subvariante da Ômicron, e é indicada para a prevenção ativa da Covid-19 em crianças a partir de 6 meses de idade e adultos.

Destaques