Ipatinga

acontece

X FECHAR
ONDE VOCÊ ESTÁ?

    Migrantes e refugiados recebem apoio para empreender em Minas Gerais

    Live promovida pelo Sebrae Minas, em parceria com o Governo de Minas, a OIM e o ACNUR, vai sensibilizar brasileiros retornados, imigrantes e refugiados sobre a importância de buscar orientação e capacitação para empreender e gerar renda

    Por Plox

    21/06/2021 17h13 - Atualizado há 3 meses

    De acordo com dados disponibilizados pelo Observatório das Migrações Internacionais (OBMigra), mais de 58 mil imigrantes de centenas de nacionalidades estão registrados no país e residem em 499 municípios mineiros. E segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM), entre 2016 e 2020, dos mais de 4.000 brasileiros que emigraram para outros países e retornaram com o apoio da instituição, quase 700 voltaram para Minas Gerais. 
    Muitos desses imigrantes, refugiados e brasileiros retornados buscam no empreendedorismo uma alternativa de inserção no mercado de trabalho. Para orientar esse público que já empreende ou que pensa em abrir um pequeno negócio no estado, o Sebrae Minas e instituições parceiras realizam, no dia 24 de junho, a live Migrantes e Refugiados em Minas – Como se capacitar para empreender e gerar renda. A participação no evento é gratuita, através do canal do YouTube do Sebrae, neste link.
    A live é uma realização conjunta do Sebrae Minas, Governo de Minas, por meio da Subsecretaria de Direitos Humanos, OIM e Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR), que atuam em parceria para oferecer aos migrantes (emigrantes brasileiros retornados e imigrantes) e refugiados em Minas Gerais melhores condições de acesso a oportunidades de trabalho, renda e cidadania. “Unimos forças com as instituições que prestam algum tipo de serviço a esse público, com o objetivo de facilitar seu acesso a informações e materiais que atendam suas necessidades de inclusão produtiva”, explica João Cruz, diretor técnico do Sebrae Minas.

    Foto: Divulgação


    “Acreditamos que fomentar o empreendedorismo e a geração de renda é um caminho exitoso para a integração econômica de migrantes no Brasil. Temos trabalhado em Minas Gerais com o Sebrae e vários outros parceiros locais, a fim de promover capacitações para pessoas refugiadas e migrantes e dar apoio para a reintegração econômica de brasileiros retornados “, afirma Guilherme Otero, coordenador de projetos na OIM. 
    Na live do dia 24 de junho também será apresentada a página Migrantes e Refugiados em Minas. “Esse ambiente reúne conteúdos de orientação e capacitação empresarial do Sebrae e de parceiros, para apoiar a jornada empreendedora dos migrantes e refugiados que vêm ou retornam para o nosso estado em busca de uma oportunidade para melhorar suas condições de vida”, explica o diretor do Sebrae Minas.

    Migrantes e refugiados no Brasil
    De acordo com o OBMigra, atualmente, no Brasil, são aproximadamente 1,5 milhão de migrantes internacionais. No tocante ao refúgio, segundo dados do Comitê Nacional para Refugiados (Conare), há atualmente no Brasil mais de 59 mil refugiados reconhecidos, de 74 nacionalidades, que vivem em todas as 27 unidades federativas.

    PROGRAMAÇÃO DA LIVE
    24/06/21
    11:00 às 12:30
    Participação através do link: https://youtu.be/7v11kPdYozE

    PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021[email protected]