Idoso sofre perfuração no pulmão em colisão entre dois caminhões em rodovia no Vale do Aço

Em um relato posterior, a filha da vítima, disse que seu pai não se lembra das circunstâncias do acidente. Ele acredita que seu pai pode ter sofrido algum mal súbito que contribuiu para o sinistro

Por Plox

21/06/2023 13h40 - Atualizado há 11 meses

Um idoso de 65 anos ficou ferido em uma colisão envolvendo dois caminhões na BR-458, perto do trevo de acesso à cidade de São João do Oriente, no Vale do Aço. A vítima foi encaminhada para o Hospital Márcio Cunha, em Ipatinga. A colisão ocorreu na tarde de ontem (20).

Trevo que dá acesso a cidade de São João do Oriente. Foto: Googles Streer View/Reprodução.

 

Segundo seu depoimento à polícia, o outro caminhão, um M.Benz/915C, de cor branca, estava estacionado à direita da pista no trevo, aguardando para fazer uma manobra de retorno em direção a Inhapim. De repente, o caminhão cruzou a rodovia, no momento que vinha outro caminhão, um VW/17.190.

O segundo veículo tentou evitar a colisão ao acionar os freios de seu veículo, mas não obteve sucesso, colidindo transversalmente com a cabine do lado esquerdo do caminhão M.Benz/915C.

O motorista que conduzia um caminhão VW/17.190, de cor branca e placa seguia no sentido Inhapim/Ipatinga da rodovia federal. Após o impacto, o condutor prestou socorro à vítima,  que foi levada para o hospital em uma ambulância.

Em um relato posterior, a filha da vítima, disse que seu pai não se lembra das circunstâncias do acidente. Ele acredita que seu pai pode ter sofrido algum mal súbito que contribuiu para o sinistro. Ainda segundo a mulher, o idoso sofreu fraturas em cinco costelas e perfurações nos pulmões..

Após o acidente, os veículos foram liberados. O caminhão VW/17.190 foi retirado da pista pelo próprio motorista. Já o caminhão M.Benz/915C foi liberado no local para um representante da empresa proprietária da carga. Ele providenciou a remoção do veículo da pista por meio de um guincho particular.

Foi solicitada a perícia técnica da Polícia Civil por meio da Delegacia de Polícia Civil de Inhapim. No entanto, essa medida foi dispensada pelo delegado titular. As documentações dos veículos envolvidos estavam regulares e a pista foi liberada.


 

Destaques