Jovem sofre tentativa de homicídio após furtar moto de namorada de traficante no Vale do Aço

Um dos suspeitos, um adolescente de 17 anos, foi detido pela PM em um ponto de tráfico de drogas

Por Plox

21/06/2023 10h43 - Atualizado há 11 meses

Um homem de 22 anos foi vítima de tentativa de homicídio na noite de ontem (20), em Caratinga, no Colar Metropolitano do Vale do Aço. O rapaz recebeu capacetadas e foi atingido por dois disparos de arma de fogo. A Polícia Militar (PM) conseguiu localizar e deter os dois suspeitos do crime, um deles é menor de idade.

Segundo uma testemunha que presenciou a ação criminal, o jovem foi seguido e alcançado por um rapaz não identificado e um adolescente de 17. Primeiramente, ele foi agredido com golpes de capacete, posteriormente, os autores efetuaram cerca de cinco disparos de arma de fogo, tendo a vítima fugido em direção a BR-116.

Enquanto isso, os autores embarcaram em uma motocicleta azul e tomaram rumo ignorado. A PM foi acionada e começou as diligências para localizar a vítima e os agressores.

O rapaz de 22 anos foi encontrado nas proximidades do hospital, sendo ele encaminhado pela guarnição militar para a casa de saúde. Ele apresentava duas perfurações nas costas provenientes de arma de fogo, possivelmente de Calibre .22.

Possível motivação do crime

A vítima foi questionada pelos militares sobre a possível motivação do crime e afirmou que poderia ser em razão de um furto de moto praticada por ela em data anterior. A possibilidade foi confirmada pelos autores, que foram detidos posteriormente. Um deles afirmou que um traficante do bairro Antena “encomendou” a morte do rapaz, devido ele ter furtado a motocicleta de sua namorada. 

A busca pelos autores

Também no hospital, o homem reconheceu um dos autores, o adolescente, já o outro suspeito ele não conseguiu identificar. Os policiais verificaram imagens de câmera de segurança e viram a moto utilizada pelos atiradores na rua Miguel de Castro.

As diligências continuaram e a equipe Tático Móvel acessou o bairro Antena por meio de um matagal que divide o distrito de Portelinha com o bairro. Segundo a PM, a incursão a pé e permanência dos militares perdurou por horas, com os oficiais posicionando-se nas proximidades do local em que o sujeito costuma praticar tráfico de drogas.

Os policiais conseguiram identificar o autor, e viu que estava sendo feito um intenso tráfico de drogas no local, onde os usuários chegavam de moto e carro, compravam as drogas e saíam.

Os militares não podiam fazer a abordagem pois os indivíduos poderiam fugir devido a localização. Também não podiam chamar viaturas de apoio pois os traficantes monitoram a chegada da PM pelas ruas do bairro.

Com o passar do tempo, foi notado que alguns indivíduos saíram do local, ficando apenas o adolescente e mais um rapaz. Diante do cenário mais favorável, os militares  aproximaram para fazerem a abordagem, movimento que foi percebido pelo menor, que deslocou-se sentido a uma cabana de apoio, onde era guardado entorpecentes e dinheiro.

No entanto, os PMs estavam posicionados ao lado do local. O adolescente abriu a porta da cabana portando dinheiro e drogas, momento que foi abordado pelos policiais e informado que ele estava em flagrante de ato infracional equivalente a crime de tentativa de homicídio, e também havia sido flagrados pelos policiais comercializando entorpecentes, estando ainda com material ilícito em sua posse no momento da abordagem.

Identificando a possibilidade de abordar os dois indivíduos, os militares deslocaram-se até um homem de 25 anos, que estava esperando pelo adolescente. Antes de receber a busca pessoal, o sujeito arremessou uma sacola branca. O rapaz foi detido e algemado.

A sacola foi recuperada e continha 22 microtubos de substâncias semelhantes a cocaína e dois tabletes de substância semelhante à maconha. Já no bolso foi localizado a quantia de R$ 409,00.

Com o menor de idade foi apreendido uma pedra maior de substância semelhante a crack, além de R$ 328,00. Em meio a mata foi localizado oito tabletes de substância semelhante à maconha e 42 microtubos contendo substância semelhante à cocaína.

Próximo do portão da casa foi localizado volume contendo pedras de substância semelhante à crack e buchas de substância semelhante à maconha. 

Diante dos fatos, as partes foram conduzidas para a Delegacia e os materiais apreendidos foram, de igual forma, encaminhados para a Polícia Civil. Os autores não foram submetidos a atendimento médico, bem como não possuíam lesões aparentes ou queixas na ocasião.

A vítima

O rapaz atingido por tiros foi submetido a uma cirurgia para retirada das balas alojadas em seu corpo.


 

Destaques