Vacina contra dengue da Takeda agora disponível no Brasil

A Takeda informa que o custo da vacina pode variar em diferentes estados, considerando a incidência de ICMS

Por Plox

21/06/2023 10h24 - Atualizado há 11 meses

A nova vacina contra a dengue, Qdenga, chega ao Brasil com um valor inicial de R$ 301,27 por dose para o consumidor. A empresa farmacêutica Takeda, responsável pela fabricação da vacina, destaca que esse valor é aplicável apenas nos estados brasileiros onde a taxa do ICMS é 0%.

O valor da vacina foi estabelecido pela CMED (Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos), a agência reguladora que estabelece os preços dos medicamentos no país. A tabela de preços, incluindo o da nova vacina, foi publicada no início do mês atual.

 

 Foto: Pixabay / divulgação

A Takeda informa que o custo da vacina pode variar em diferentes estados, considerando a incidência de ICMS. Por exemplo, em São Paulo, onde a taxa de ICMS é de 18%, o valor mínimo será de R$ 379,40.

Além disso, a Takeda ressalta que possíveis custos adicionais podem ser cobrados por clínicas particulares. Isso pode incluir o custo da aplicação do medicamento, que não está sob o controle da empresa farmacêutica.

A Qdenga se destaca por conter quatro diferentes sorotipos do vírus da dengue, todos transmitidos pelo mosquito Aedes aegypti, conferindo uma proteção abrangente contra a doença. A vacina, destinada a pessoas entre 4 e 60 anos, é administrada em duas doses com um intervalo de três meses entre elas.

O Brasil, onde a dengue é endêmica, fazia parte da amostra de um estudo clínico de fase três. Após 54 meses da aplicação da segunda dose, a vacina mostrou uma eficácia estimada de 61%. Em casos graves, a eficácia subiu para cerca de 84%.

Apesar de sua chegada ao Brasil, a vacina Qdenga ainda não está disponível na rede pública de saúde. A Takeda tem planos de disponibilizá-la, mas isso depende de uma avaliação da Conitec (Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS).

A Qdenga já recebeu aprovação da EMA (Agência Europeia de Medicamentos) em dezembro de 2022 para uso na União Europeia. Além disso, a Indonésia também já autorizou o uso do medicamento.

Vale ressaltar que, no Brasil, já existe outra vacina contra a dengue, produzida pela Sanofi Pasteur. No entanto, esta é recomendada apenas para indivíduos que já tiveram a doença e está disponível somente na rede privada.

Destaques