Adolescente é morto a tiros em praça de Ipatinga

Jovem tinha apenas 16 anos

Por Plox

21/10/2023 08h24 - Atualizado há 7 meses

Um trágico incidente ocorreu na noite de ontem, no bairro Canaã, quando um adolescente identificado como Leonardo Borges dos Santos, de 16 anos, foi alvejado por disparos de arma de fogo. O Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM) recebeu uma denúncia que relatava a ocorrência de disparos de arma de fogo e que a vítima estava caída próximo à praça principal do bairro.

Foto enviada por leitor do PLOX

Quando os policiais chegaram ao local, encontraram Leonardo caído no passeio em frente à Drogaria Indiana, localizada na Avenida Galileia. Além disso, foi informado ao COPOM que um segundo jovem havia dado entrada no Hospital Márcio Cunha. No entanto, esse segundo envolvido não apresentava ferimentos graves e foi orientada a se dirigir à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Canaã para ser atendida.

O outro jovem, de 19 anos, também quase foi alvo dos assassinos. Em conversa com a equipe da 152ª Companhia da Polícia Militar, relatou que estava na companhia de Leonardo na praça há aproximadamente uma hora. Ele avistou dois indivíduos em uma motocicleta, possivelmente uma Honda/Tornado vermelha, que vinham da Avenida Galileia, no sentido decrescente do bairro Caravelas para o Canaã. Os indivíduos entraram na contramão da Rua Magdala e estacionaram a motocicleta.

 

Foto enviada por leitor do PLOX

Enquanto ele estava sentado em um banco da praça de costas para a motocicleta, Leonardo, que estava de frente para ela, percebeu que o carona desceu da moto, atravessou a rua em sua direção e sacou uma arma de fogo, apontando-a para eles. Leonardo avisou o colega, e ambos levantaram e saíram correndo em direção à Avenida Galileia, com o autor dos disparos os perseguindo e efetuando vários tiros. Durante a fuga, Leonardo caiu no chão, deixando seu chinelo para trás.
 

Foto enviada por leitor do PLOX

 

Lucas conseguiu atravessar a Avenida e olhou para trás, avistando Leonardo caído no passeio. Ele continuou a fugir e não conseguiu identificar o autor dos disparos nem entender os motivos dessa ação.

De acordo com informações que chegaram ao COPOM, os autores fugiram pela Avenida Galileia, no sentido do bairro Caravelas. A mãe de sobrevivente relatou que seu filho estava devendo dinheiro a traficantes, uma dívida relacionada a drogas.

A equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) esteve no local, e a médica constatou o óbito de Leonardo Borges dos Santos às 00h33min. A perita da Polícia Civil realizou seus trabalhos no local e apreendeu aproximadamente trinta e sete cápsulas, projéteis e cartuchos, que foram disparados durante a perseguição e os tiros contra as vítimas. Ela também encontrou com Leonardo uma porção de uma substância esverdeada, aparentando ser maconha, e uma pedra de uma substância amarelada, aparentando ser crack, que foram apreendidas e apresentadas à delegacia.

No local onde as vítimas estavam, foram encontrados dois aparelhos celulares, que também foram apreendidos. 

O local do incidente possui câmeras de monitoramento, e as autoridades planejam entrar em contato com os proprietários na tentativa de identificar os autores. Todas as equipes da unidade estão em rastreamento na tentativa de identificar, localizar e prender os autores.

 

Destaques