Onda de calor pode levar Cuiabá a registrar 46ºC

Temperaturas no centro-oeste alcançam marcas inéditas, aponta Inmet

Por Plox

21/10/2023 08h57 - Atualizado há 7 meses

O fim de semana promete temperaturas extremamente elevadas no Brasil, especialmente no centro-oeste. Segundo o "Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet)", a capital do Mato Grosso, Cuiabá, já testemunhou uma temperatura de 44,2ºC na última quinta-feira (19/10). Esse valor ultrapassa o recorde anterior da cidade, que era de 44ºC, registrado em 30 de setembro de 2020. Conforme projeções da MetSul Meteorologia, os termômetros podem atingir impressionantes 46ºC.

Onda de calor no centro-oeste

Dando continuidade à tendência de aumento, o Mato Grosso e algumas regiões do centro-oeste brasileiro enfrentarão um calor intenso a partir desta sexta-feira (20) até a próxima segunda (23). O "Inmet" alertou que as temperaturas poderiam ultrapassar a média em até 5ºC por mais de cinco dias consecutivos.

O fenômeno climático é resultado de um expressivo bolsão de ar quente que se instaurou sobre a área. Contudo, não é apenas o centro-oeste que sentirá esse aumento de temperatura. Regiões como o norte de São Paulo, Minas Gerais, Tocantins, Rondônia, bem como o sul do Amazonas e do Pará, estão na mira desse aquecimento.

Calor extremo na América do Sul

O Brasil não é o único país sul-americano a enfrentar temperaturas elevadas. Países vizinhos como Argentina, Bolívia e Paraguai também sofrem com o calor extremo. Na capital paraguaia, Assunção, um novo recorde foi estabelecido com a marca de 42.2ºC.

Destaques