publicidade



Bolsonaro em Davos: 4 promessas que o presidente fez ao mundo no Fórum Econômico Mundial

22/01/2019

Em sua estreia internacional, Jair Bolsonaro se esforçou para atrair investidores e parceiros estrangeiros. Entre as promessas está incluir o Brasil no ranking de 50 melhores paíse

publicidade

No Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça, o presidente Jair Bolsonaro fez um discurso focado em atrair investidores e parceiros estrangeiros. Chegou a prometer que, até o fim do mandato, o Brasil será um dos 50 melhores países do mundo para se investir em negócios.

Ele também não abriu mão de reforçar algumas de suas plataformas de campanha, como a defesa da "família" e dos "direitos humanos verdadeiros", além de fazer ataques à "esquerda", à "ideologização" e ao "bolivarianismo".




CNI-IBOPE: 35% aprovam e 27% reprovam governo Bolsonaro

24/04/2019

A pesquisa foi realizada entre os dias 12 e 15 de abril e ouviu duas mil pessoas

publicidade

A avaliação positiva do governo de Jair Bolsonaro, medida pelo Ibope, registrou leve aumento. Segundo uma nova pesquisa, divulgada nesta quarta-feira (24) pelo instituto, 35% dos entrevistados classificaram o governo como bom ou ótimo. 

Em levantamento feito em março, a porcentagem dos que aprovam foi de 34%.     


Preso deve custear tempo que ficar na prisão, diz projeto de lei do Senado

24/04/2019

Texto já estava pronto para votação em plenário, mas senadores querem mais debate

publicidade

O plenário do Senado enviará à Comissão de Direitos Humanos da Casa projeto de lei (PL) que obriga o preso a ressarcir o Estado das despesas com sua permanência no sistema carcerário. 

O PL foi apresentado em 2015, pelo então senador Waldemir Moka, e passou pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) antes de chegar ao plenário. O projeto deverá ficar por 15 dias na comissão para debates antes de voltar ao plenário, para votação.

foto: Imagem de Arquivo/Agência Brasil)


Reforma administrativa começa a ser discutida no Plenário

24/04/2019

Novo relator designado na Reunião Ordinária deve apresentar parecer e projeto pode ser votado até quinta-feira

publicidade

Após permanecer trancando a pauta por dez reuniões, a reforma administrativa proposta pelo governador Romeu Zema começará a ser discutida pelo Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). O Projeto de Lei (PL) 367/19, de autoria do governador, tramita em regime de urgência e não recebeu parecer das comissões, que perderam o prazo para opinar. Na reunião desta terça-feira (23) foi designado relator da matéria o deputado João Magalhães (MDB).

Foto: Guilherme Dardanhan1366040

últimas notícias