Novo auxílio emergencial deve ser de R$ 300, diz presidente da Câmara dos Deputados

Já o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o valor das novas parcelas do benefício deve ser de R$ 200

Por Plox

22/02/2021 17h32 - Atualizado há 7 dias

Arthur Lira (PP), presidente da Câmara dos Deputados, disse que o valor do novo auxílio emergencial deve ser de R$ 300, conforme Jair Bolsonaro (sem partido) já tinha dito anteriormente. Já o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o valor das novas parcelas do benefício deve ser de R$ 200.
 

"O ministro da Economia, Paulo Guedes, falou em R$ 200 para o novo auxílio, e o presidente Bolsonaro anunciou R$ 300. E o que o presidente anuncia, o governo vai ter que arrumar um jeito de fazer, penso eu", disse Arthur Lira em entrevista publicada hoje no jornal O Globo. 

"Talvez R$ 300 seja o valor ideal na cabeça de todo mundo. E o Congresso vai ter que ter muita responsabilidade para não mexer nesse valor, para não ficar aquele jogo de poker que ficou da outra vez: 'eu blefo e o outro paga'. Então saiu de R$ 200 para R$ 600", afirmou Lira.
 

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

 

Bolsonaro se reuniu com o senador Márcio Bittar (MDB), nesse domingo (21), para tratar com o relator da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) Emergencial, sobre as nova parcelas do auxílio emergencial. Tudo indica que serão mais quatro parcelas do benefício com valores entre R$ 200 e R$ 300.
 

No entanto, nesta segunda fase do auxílio, o número de beneficiários irá reduzir. De acordo com Guedes, dos cerca de 65 milhões que receberam o auxílio em 2020, neste ano pouco mais de 30 milhões será beneficiado com as novas parcelas.
 

PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021