"Levante" estreia nos cinemas abordando temas sensíveis como aborto e gravidez na adolescência

Filme com elenco majoritariamente mineiro, dirigido por Lillah Halla, traz à tona discussões sobre justiça reprodutiva e políticas públicas

Por Plox

22/02/2024 06h59 - Atualizado há cerca de 2 meses

"Levante", um filme que discute a gravidez na adolescência e o aborto, estreia hoje nos cinemas brasileiros, despertando interesse particularmente entre o público jovem. Dirigido por Lillah Halla, o filme se passa em Capão Redondo, São Paulo, e conta com um elenco significativo de atores mineiros, incluindo nomes como Grace Passô, Rômulo Braga e Zora Santos. Halla observa que a escolha dos atores mineiros não foi intencional, mas reflete a qualidade do cinema e da formação teatral de Minas Gerais.

Foto: VITRINE/DIVULGAÇÃO

A trama gira em torno de uma jogadora de voleibol, interpretada por Ayomi Domenica, filha do rapper Mano Brown, que descobre estar grávida logo antes de uma oportunidade de jogar no exterior. O filme explora sua jornada para realizar um aborto, em um contexto onde as leis brasileiras proíbem o procedimento. Lillah Halla enfatiza a importância de discutir a falta de políticas públicas e justiça reprodutiva, e as consequências devastadoras dessa negligência.

O filme se diferencia por não focar na presença de um pai, mas sim na escolha da protagonista sobre seu próprio corpo e destino. "Levante" também apresenta uma forte rede de apoio, destacando a importância do coletivo, que inclui mulheres de diferentes identidades e origens.

Em uma entrevista exclusiva, Ayomi Domenica compartilhou suas impressões sobre a personagem Sofia, descrevendo-a como um marco em sua carreira. Aos 23 anos e já com uma trajetória no Teatro Oficina, Domenica destaca a confiança e liberdade criativa que teve no papel. Ela enfatiza a força e autonomia de Sofia, além de sua vulnerabilidade e determinação em suas escolhas. A atriz também revela como sua própria história e experiências influenciaram na construção da personagem.

Domenica também aborda a perspectiva queer e o aspecto coletivo como elementos fundamentais do filme, tanto em seu aspecto artístico quanto político e estético. Ela destaca que, além de abordar o aborto, "Levante" também traz à tona questões relacionadas a corpos LGBT dissidentes, enfatizando a sobrevivência através do coletivo.

"Levante" promete ser um filme marcante, não apenas pela sua temática desafiadora, mas também pelo forte elenco e pela abordagem sensível e profunda dos assuntos tratados.

Destaques