Novo Dacia Spring revela futuro do Renault Kwid E-Tech no Brasil

Atualizações Significativas do Dacia Spring Europeu Indicam Mudanças para o Kwid E-Tech Brasileiro

Por Plox

22/02/2024 06h54 - Atualizado há cerca de 2 meses

O Dacia Spring, versão europeia do conhecido Renault Kwid E-Tech, introduziu recentemente mudanças significativas que oferecem pistas sobre o futuro do modelo elétrico no mercado brasileiro. A apresentação, realizada pela subsidiária romena da Renault, destacou não só um design inovador, mas também melhorias notáveis no desempenho do motor elétrico.

Foto: Dacia/Divulgação

A estética do novo Spring lembra a terceira geração do Duster e incorpora elementos do Renault Kardian, um SUV inédito que será lançado no Brasil em março. Esta renovação promete marcar presença nas ruas e estradas europeias, sinalizando mudanças potenciais para o Kwid E-Tech brasileiro.

Enquanto o motor elétrico do Spring europeu oferece 66 cv, o Kwid E-Tech no Brasil já apresenta essa potência desde seu lançamento em 2022. Espera-se que as atualizações tragam um desempenho mais robusto, alinhado às expectativas de eficiência e potência dos consumidores.

O design renovado do Spring chama atenção, com uma grade elevada e faróis LED com uma assinatura em forma de flecha, elementos compartilhados com a terceira geração do Renault Duster. A traseira também foi atualizada, incluindo novas lanternas LED e um aplique preto que conecta as luzes, conferindo um visual moderno.

Internamente, o Spring surpreende com um painel de instrumentos digital de 7 polegadas e uma central multimídia de 10 polegadas, proporcionando uma experiência tecnológica avançada. A manopla do câmbio automático, no estilo joystick, é a mesma encontrada no Renault Kardian.

Em termos de autonomia e recarga, o Spring vem equipado com baterias de íon de lítio de 26,8 kWh, oferecendo uma autonomia de 183 km no ciclo WLTP. As opções de recarga incluem uma modalidade lenta, em corrente alternada, que pode levar até 11 horas para uma carga completa, e uma rápida, em corrente contínua, carregando de 20% a 80% em apenas 45 minutos.

Embora ainda não haja uma confirmação oficial sobre a chegada do novo modelo ao Brasil, é provável que as atualizações de design e técnicas observadas no Dacia Spring europeu sejam aplicadas ao Renault Kwid E-Tech brasileiro nos próximos anos.

Destaques