Projeto sobre redução de vereadores da CMI é retirado de pauta

22/04/2019 16:17

Jadson justificou que decidiu retirar por não ter número suficiente  de vereadores para a votação

Publicidade

O presidente da Câmara Municipal de Ipatinga, Jadson Heleno, retirou, nesta segunda (22), de pauta o projeto de segunda votação que visa a redução de parlamentares a partir de 2021. Jadson justificou que decidiu retirar por não ter número suficiente  de vereadores para a votação.

De acordo com o presidente, ele retirou a pauta de forma estratégica pelo fato do líder de governo, Sebastião Guedes, estaria fazendo uma articulação para vetar o projeto e que só voltaria à pauta quando o número de vereadores estiver completo.

camara(Foto: Marcelo Augusto/ Plox)

PRIMEIRA VOTAÇÃO

A primeira votação foi executada e aprovada no dia 25 de março, no plenário da Casa. A proposta previa a redução de 19 parlamentares para 15, a partir da próxima legislatura. 
Essa medida foi defendida na Casa pela Mesa Diretora e contava com a assinatura de 7 vereadores. Segundo o presidente do Legislativo, vereador Jadson Heleno, a proposta é fruto de um trabalho conjunto da Câmara de Ipatinga com a 7ª Promotoria do Ministério Público, representado pelo promotor Fábio Finnoti, quando se buscou reduzir o número de vereadores observando o equilíbrio entre receitas e despesas no município e, iremos economizar para os cofres públicos, R$2,5 milhão de reais por ano.  
 



Publicidade