Mais da metade das pessoas que morreram com covid-19 tinham apenas duas doses de vacina

Os dados mostram que 64% dos adultos com 18 anos ou mais tomaram as três doses da vacina até a manhã desta quinta-feira (21)

Por Plox

21/07/2022 21h14 - Atualizado há quase 2 anos

Oito a cada dez pessoas que morreram por implicações causadas pela Covid-19 se imunizaram com somente duas doses da vacina que protege contra o vírus, isso é, não tomaram a dose de reforço do imunizante, segundo informou a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) do estado de Minas Gerais. 

Veja o vídeo:

 

 

Os dados mostram que 64% dos adultos com 18 anos ou mais tomaram as três doses da vacina até a manhã desta quinta-feira (21/07), isso é 10,6 milhões de mineiros. A Secretária considera dados do início da vacinação até 15 de julho deste ano. Neste período, foram 8.061 mortes registradas em pessoas que concluíram o esquema vacinal e estariam aptas à terceira dose. Destas, 6.757, ou quase 84%, não receberam o reforço. 

Segundo especialistas, essa situação enfatiza a importância da aplicação da terceira dose da vacina, especialmente, as pessoas mais vulneráveis à enfermidade, como idosos, imunossuprimidos e pessoas com doenças crônicas. 

Os dados em relação às internações também mostram o mesmo, das 21.084 pessoas internadas no estado de Minas Gerais, 17.083, ou seja 80%, não tomaram a terceira aplicação, no mesmo intervalo de tempo, sobre a vacinação. 


 

Destaques