América sai na frente, mas sofre empate no final do Flamengo

Momentos decisivos, gol anulado e empate nos acréscimos

Por Plox

22/07/2023 18h00 - Atualizado há 11 meses

O tradicional estádio do Maracanã, palco de grandes momentos do futebol brasileiro, foi novamente tomado por emoções na tarde deste sábado (22), na partida entre América e Flamengo. O duelo, válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, terminou com um empate de 1 a 1.

Foto: Mourão Panda / América

 

Com as arquibancadas cheias e a volta de seu aclamado "quarteto mágico" após um hiato de um ano, o Flamengo mostrou intensidade logo no início. Gerson teve grande oportunidade ao cabecear à queima-roupa, mas foi parado por uma defesa impressionante de Mateus Pasinato, goleiro do time mineiro. Pasinato se manteve firme e também bloqueou tentativas de Arrascaeta e Léo Pereira. Contudo, o América-MG, ao perceber o ritmo do jogo, começou a encontrar espaço e a dominar a posse de bola, com destaque para ações de Benítez e Pedrinho. O primeiro tempo, portanto, terminou com um cenário equilibrado.

Segundo Tempo: Momentos decisivos, gol anulado e empate nos acréscimos.

Os primeiros minutos do segundo tempo foram marcados por uma tentativa de Bruno Henrique, que, lançado por Léo Pereira, finalizou por cima do gol, embora em posição de impedimento.

Foto: Mourão Panda / América

 

Com o relógio marcando 22 minutos, Gabigol, jogador do Flamengo, protagonizou uma finalização que acabou sendo bloqueada por Éder, defensor do América-MG. No minuto seguinte, Daniel Borges, do América-MG, quase surpreendeu a todos com um chute que, após enganar o goleiro Matheus Cunha, acertou o travessão.

A tensão aumentou quando, aos 29 minutos, Rodrigo Varanda, atacante do América, teve um gol anulado após ser lançado por Pedrinho. A arbitragem, com auxílio do VAR, identificou um impedimento no lance.

A equipe mineira, no entanto, não se abateu. Aos 38 minutos, em uma jogada rápida de contra-ataque, Varanda passou para Juninho que, com um cruzamento preciso, encontrou Felipe Azevedo. O jogador não hesitou e marcou para o América, fazendo 1 a 0.

Porém, o Flamengo não estava disposto a deixar os três pontos escaparem em casa. No final do jogo, aos 49 minutos, Arrascaeta fez um cruzamento certeiro na cabeça de Victor Hugo, que empatou para o rubro-negro, selando o placar em 1 a 1.

O apito final indicou o fim de um confronto intenso e cheio de reviravoltas, evidenciando a dedicação e o talento dos dois times em campo.

Destaques