Projeto que flexibiliza posse de arma em área rural é aprovado na Câmara

22/08/2019 08:06

Porém, os parlamentares derrubaram uma emenda que assegurava o porte ao proprietário rural

Publicidade

Foi aprovado pela Câmara o projeto que autoriza proprietários rurais obtenham posse de arma ao longo de toda sua propriedade e não somente na sede como é atualmente. A matéria foi votada nessa quarta-feira, 21 de agosto, com 320 favoráveis contra 61, e segue para sanção do presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Os parlamentares derrubaram uma emenda que assegurava o porte ao proprietário rural. Porém, foi consenso entre os deputados, que afirmaram que a aprovação do projeto trará mais segurança no campo, como o relator do projeto, Afonso Hamm (PP-RS). Para ele, “a arma, que nas mãos dos bandidos é uma ameaça à sociedade, nas mãos do cidadão de bem é garantia da paz social, porque ele vai usá-la em defesa da sua vida e de seus familiares”.

arma

Lei autoriza proprietários rurais obtenham posse de arma ao longo de toda sua propriedade- Foto: Reprodução

Opinião não muito aceita por Jorge Solla (PT-BA), que acredita que “só quem tem a ganhar são as milícias, são os fabricantes de arma, são os que promovem a violência no campo”. 

No dia 7 de maio, Bolsonaro assinou, no Palácio do Planalto, um decreto-lei que facilita a aquisição, o registro, a posse, o porte e a comercialização de armas de fogo para colecionadores, atiradores esportivos e caçadores. O decreto põe fim ao monopólio da Taurus no comércio de armas e munições. A empresa, que era protegida pela legislação desde 2000, é a maior fabricante de armas do Brasil.

Atualizada 8h44
 



Publicidade