Ternium participa de evento na UFMG em busca de jovens talentos

22/08/2019 20:36

Em parceria com a Universidade, a empresa mantém um Laboratório de Simulação de Processos (Lasip)

Publicidade

A Ternium Brasil participa pela segunda vez consecutiva do Mercado em Conexão. O evento, que promove a interação entre universitários e grandes empresas, acontece na Escola de Engenharia da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), até o dia 22 de agosto, onde a Ternium apresenta o Programa de Estágio de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) e o Programa Jovem Profissional, voltado para trainees.

Em parceria com a Universidade, a empresa mantém um Laboratório de Simulação de Processos (Lasip), no Departamento de Metalurgia, onde conta, atualmente, com três estagiários e está ampliando a abertura de mais cinco vagas para os cursos de engenharia mecânica, elétrica e de controle e automação.

Ao final da experiência no LASIP, os estudantes têm a oportunidade de aprofundar os conhecimentos práticos, durante o período de férias escolares, de dezembro a fevereiro, na usina da Ternium Brasil, no Rio de Janeiro, considerada uma das mais modernas do mundo na produção de aços especiais. 

terniumEstagiários e trainees mineiros que já integram o quadro da Ternium  Brasil - Foto: Leticia Espíndola

“A empresa valoriza o soft skills dos candidatos, ou seja, as habilidades e capacidade de ação, de análise e planejamento, com tecnologia, além de inteligência emocional e aspirações. Vimos valor nessas atitudes porque acreditamos que com elas os candidatos podem chegar em qualquer lugar, independente da experiência”, destaca Lilian da Costa Alves, analista de Recursos Humanos, responsável pelos programas de porta de entrada da Ternium Brasil. Interessados podem se candidatar pelo vagas.com/ternium.

 

Programa Jovem Profissional

Além do Programa de Estágio, outra iniciativa da Ternium é o programa Jovem Profissional, voltado para trainees, jovens recém-formados de diversas áreas, especialmente as da Engenharia. Por meio do programa, os profissionais selecionados são capacitados para assumirem posições estratégicas, num ciclo de seis anos. Hoje, 70% dos cargos de gestão da Ternium no mundo, são ocupados por profissionais desenvolvidos pelo Programa Jovem Profissional, inclusive o presidente da Ternium Brasil, Marcelo Chara. 

Esse também é o caminho que a mineira, Raissa Santos Salgado está traçando. Ela foi selecionada em 2016, para estagiar no laboratório da UFMG e participou do estágio de verão por duas vezes. Quando se formou, ela foi convidada para o processo seletivo do JP e hoje é trainee da Ternium Brasil, atuando como assessora de Processos da Aciaria, no Rio de Janeiro. “Foi o meu primeiro estágio e nessa trajetória desenvolvi minhas habilidades, tanto profissional quanto pessoal, e pude aprender na prática o que vi na faculdade”.



Publicidade