Acusada de matar a filha de 1 ano é encontrada morta em penitenciária

Segundo informações, existe a suspeita de que Jennifer tenha se matado

Por Plox

23/02/2021 17h12 - Atualizado há 4 dias

Nessa segunda-feira (22), Jennifer Natalia Pedro, presa acusada de matar a própria filha, Ísis Helena, de 1 ano e 10 meses, foi encontrada morta na cela em que estava, na penitenciária de Tremembé, no interior de São Paulo.

Segundo informações do portal G1, existe a suspeita de que Jennifer tenha se matado. Ela estava presa desde o dia 24 de abril de 2020, quando foi interrogada e mudou seu depoimento de como a menina tinha sumido.

 

Jennifer foi encontrada morta em sua cela. Foto: reprodução/TV

 

De acordo a Polícia Civil, na época, Jennifer disse que a filha estava doente, deu mamadeira para a bebê, colocou ela para dormir e no dia seguinte, ela encontrou a criança morta. Em seu depoimento, feito em abril de 2020, Jennifer relatou que ficou com medo e decidiu jogar o corpo da filha no rio, porém, após o depoimento, ela voltou atrás e revelou que havia enterrado o corpo.

A criança ficou mais de 50 dias desaparecida, quando a Polícia Civil encontrou o corpo da bebê, enterrado perto de uma ponte, na cidade de Itapira, no interior de São Paulo.

Conforme divulgado pelo G1, existe a suspeita de que Jennifer tenha se matado, pois ela foi encontrada sozinha na cela e com um lençol enrolado no pescoço. O corpo de Jennifer foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) e o caso será investigado.
 

PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021