Estudante mata mulher e escreve livro sobre o crime

Em relatos à polícia, o jovem confessou o crime e disse ter conhecido a mulher pela internet

Por Plox

23/02/2021 12h22 - Atualizado há 5 dias

Na tarde dessa segunda-feira (22), por volta de 14h30, um estudante de 18 anos foi preso sob suspeita de matar uma mulher de 19 anos a facadas, em Pirituba, na zona norte de São Paulo. O crime ocorreu na própria casa do suspeito. Segundo a polícia, o estudante disse ter escrito um livro que conta os motivos e o objetivo de ter tirado a vida da jovem.

A Polícia Civil, contou que os militares foram acionados para atender uma vítima de facadas no local, mas ao chegar na casa foi constatado que a mulher já estava sem vida.

O irmão do estudante disse que ao chegar em casa se deparou com a mulher caída, mas nunca tinha visto ela, já seu irmão, suspeito de matar a mulher, não estava mais em casa, a princípio ele teria fugido do local. 

O jovem chegou a contar para seus familiares que iria cometer um suicídio, mas foi convencido a se entregar para a polícia. Cerca de 30 min depois, ele foi até a delegacia.

Segundo os policiais, ele confessou ter matado a mulher que conheceu pela internet há mais de um mês. Em relatos, ele ainda disse que o crime foi todo planejado e estava escrito nas páginas do livro em que escreveu. 

O celular do estudante foi apreendido pela polícia e o caso foi registrado como homicídio qualificado.

  

PLOX BRASIL © Copyright 2008 - 2021