Coronavírus obriga funcionários trabalharem home-office

23/03/2020 09:25

Diante de uma ameaça à saúde e a vida como a que o mundo está atravessando com o Coronavírus, as empresas precisam se adaptar e encontrar opções para não perder produtividade e receita. No momento, uma opção é fazer uso de toda a tecnologia disponível como reuniões via Skype, Whatsapp, Hangouts e o trabalho remoto.

Sabemos que não são todas as pessoas que se adaptam ao home-office, mas no momento todos terão a sua parcela de sacrifício. Por isso, o funcionário que for enviado para casa precisa ter em mente que é preciso se organizar para manter o trabalho e a empresa funcionando normalmente diante desta ameaça. Por isso é preciso seguir cinco regras que faz com que o home-office seja mais produtivo:

1 - Condições de Trabalho

É necessário condições mínimas de trabalho. O profissional deve delimitar um espaço na casa que seja o seu “escritório”. Deve ser iluminado adequadamente, organizado e limpo regularmente.

2 – Instrumentos de Trabalho

O profissional precisa de um equipamento adequado, conexão com a internet com uma velocidade razoável e fone de ouvido com microfone para fazer conferências. Faça ligações via aplicativos gratuitos para que o custo com ligação não pese em seu orçamento e lembre-se de fazer backup de tudo ou atue diretamente na nuvem.

3 – Rotina e Disciplina

O profissional em home-office deve manter sua rotina como se estivesse na empresa. Manter seu horário de despertar, tomar seu banho, fazer sua higiene pessoal e se vestir como se estivesse indo para a empresa.

4 – Uso do Celular

O profissional deve evitar deixar seus alertas de mensagens ligados e ficar a todo momento verificando o que está recebendo, a não ser que seu trabalho exija esta interação constante. Deve evitar também as redes sociais no horário do expediente.

5 – Pacto Familiar

Não podemos esquecer que devido ao coronavírus, os filhos e o/a cônjuge também estarão em casa. Deve haver um acordo entre todos sobre qual horário cada um trabalha e que horário cada um cuida das crianças, caso sejam pequenas. Não misture o trabalho com a vida pessoal. Deixe para resolver os problemas da casa após o expediente.

Tente ter em mente que o que mudou foi o local, mas as regras devem ser as mesmas. Lembre-se que de acordo com a Lei 13467, o trabalho home-office é regido pela CLT e tem 44 horas semanais. Portanto, organização é a palavra de ordem para que tudo dê certo.